in

Se você tiver algum destes aplicativos Android, desinstale agora! Você esta correndo risco!

E a saga continua! Confira a lista dos aplicativos Android maliciosos e desinstale eles agora!

se-voce-tiver-algum-destes-aplicativos-android-desinstale-agora-voce-esta-correndo-risco

Pesquisadores da ESET identificaram uma lista de 42 aplicativos Android maliciosos. Os aplicativos foram baixados mais de 8 milhões de vezes através da Google Play. E neste momento, permanece infectando milhares de dispositivos e roubando milhões de dados.

Segundo os especialistas da ESET eles estão causando dor de cabeça aos usuários desde 2018, por isso o gigante número de downloads. O codinome do malware é Ashas, geralmente ele vem sendo ofertado em aplicativos Android com funcionalidades ditas especiais.

Só que no meio deste pacote, um adware é instalado, e a partir daí por conter componentes necessários para estabelecer uma comunicação remota, o problema começa. Depois que o aplicativo é instalado através da Google Play, e o usuário executá-lo, ele imediatamente estabelece uma conexão com o servidor C&C.

Em seguida, todas as informações do dispositivo da vítima são enviadas, o usuários nunca vai perceber isso, a menos que preste atenção. Os dados são versão do SO, idioma, número de aplicativos instalados, espaço de armazenamento livre, status da bateria, se o telefone possui root ativado e faz até verificação no Facebook e Facebook Messenger, além de outras coisas.

De acordo com a ESET, o malware verifica o IP da vítima, o adware vai começar a brincadeira de roubo de informações, em seguida um número imenso de anúncios começam a ser exibidos no dispositivo, além disso, o malware também pode instalar aplicativos a partir do seu servidor remoto.

Estes aplicativos podem ser falsos ou não. A ideia é que o seu dispositivo receba o maior número de anúncios possíveis e que idealizadores do adware possam ganhar muito dinheiro com isso. Mas, não acabou, há também a técnica de forçar o download de alguns aplicativos, mesmo que o usuário não conheça ou nunca tenha permitido.

As empresas pagam um comissão por cada instalação. Desta forma, o seu telefone poderá ter todo o espaço livre anteriormente verificado pelo malware ocupado, enquanto você dorme. O cracker por trás do ataque é um estudante da Universidade Vietnamita, revelou a ESET.

Quer mais? Saiba que tem! O bendito malware ainda pode remover o atalho ou ícones após instalar o que ele deseja. Tudo vai girar em torno das campanhas que pagam mais.

De acordo com o relatório da EZET, os países atingidos pela prática estão na imagem abaixo, perceba que o Brasil ocupa uma das posições maiores.

Se você tiver algum destes aplicativos Android, desinstale agora! Você esta correndo risco!

 

Quais aplicativos desinstalar? Veja se você tem algum destes da imagem abaixo, todos eles contém o malware e deve ser removidos imediatamente do seu smartphone.

Se você tiver algum destes aplicativos Android, desinstale agora! Você esta correndo risco!

Caso você precise de mais informações, consulte o relatório completo emitido pelos especialistas da ESET.

Escrito por Emanuel Negromonte

Fundador do SempreUPdate. Acredita no poder do trabalho colaborativo, no GNU/Linux, Software livre e código aberto. É possível tornar tudo mais simples quando trabalhamos juntos, e tudo mais difícil quando nos separamos.

ataque-ddos-atinge-amazon-web-services

Ataque DDoS atinge Amazon Web Services!

Mate X dobrável da Huawei é vendido sem componentes norte-americanos ou aplicativos Google

TCL vai lançar um telefone dobrável triplo!