in

Tails promete suporte seguro à inicialização

Também terá mais atualizações robustas em 2020. O projeto receberá uma nova página inicial e material de divulgação.

O projeto Tails, que desenvolve o sistema operacional anônimo Tails, baseado no Debian, anunciou hoje alguns de seus principais planos para 2020. O objetivo, assim, é melhorar o sistema operacional anônimo usado pelo denunciante da NSA Edward Snowden para permanecer oculto on-line. Além de outras coisas, o Tails promete suporte seguro à inicialização.

Em 2020, o projeto Tails planeja lançar inúmeras atualizações em seu sistema operacional anônimo, algumas das quais serão importantes, com implementação de grandes novos recursos. É o caso, por exemplo, do suporte ao Secure Boot. Então, deste modo, deve oferecer melhor compatibilidade com mais componentes de hardware, facilitando assim o início do Tails em PCs e Macs.

Tails promete suporte seguro à inicialização

Tails promete suporte seguro à inicialização

O suporte ao Secure Boot está planejado para julho de 2020, quando o lançamento do Tails 4.9 deve chegar.  Porém, o projeto também visa lidar com as atualizações manuais já em janeiro de 2020. Essas atualizações manuais estão incomodando os usuários há muito tempo. No entanto, o Tails quer tornar o processo de atualização menos doloroso, mais leve e mais robusto.

Além disso, o projeto deseja reformular o site para facilitar a compreensão de usuários não técnicos de como o Tails funciona.

Para a parte menos técnica do nosso público-alvo, o Tails é um objeto tecnológico como nada que eles usaram antes, explicam os desenvolvedores. Para garantir que a nova explicação do Tails faça sentido para usuários com menos conhecimento em tecnologia, usaremos técnicas de design centradas no usuário e trabalharemos com designers gráficos profissionais.

Agenda de lançamento do sistema operacional Tails para 2020

No próximo ano, o projeto Tails pretende lançar nada menos que dez versões, começando com o Tails 4.2 em janeiro de 2020 e continuando com o Tails 4.3 em fevereiro, o Tails 4.4 em março, o Tails 4.4 em março, o Tails 4.5 em abril, o Tails 4.6 em maio e o Tails. 4.7 e 4.8 em junho, Tails 4.9 em julho, Tails 4.10 em agosto e, por último mas não menos importante, Tails 4.11 em setembro de 2020.

Enquanto isso, o Tails OS 4.1 começa a ser desenvolvido já com uma importante correção de bug que é fornecido com um navegador TOR atualizado, baseado no navegador Firefox 68.3 ESR. Como na maioria dos projetos de código aberto e gratuito, o Tails conta com suas doações, por isso, considere doar para o Tails se você estiver usando esta ferramenta de privacidade.

Fonte: Softpedia