Tidelift promete recompensar desenvolvedores

Henry Zhu desenvolve para sites todos os dias. Mesmo que você não tenha ouvido falar sobre ele, abordaremos sobre o seu trabalho. Zhu gerencia um programa chamado Babel, que traduz o código escrito em JavaScript em código escrito em outra linguagem. No início deste ano, Zhu deixou seu emprego na Adobe para trabalhar em tempo integral na Babel. Neste post,saiba que a empresa Tidelift promete recompensar desenvolvedores.

Projetos invisíveis

É uma situação familiar para os desenvolvedores de código aberto, especialmente aqueles que trabalham em projetos que não apressem. Assim, eles não recebem muita atenção.

Alguns desenvolvedores são pagos para trabalhar em código aberto como parte de seus trabalhos diários. No entanto, com muita frequência, esses projetos precisam de mais atenção do que foi pensado. Isso pode causar grandes problemas. Principalmente porque os programadores dependem cada vez mais de bibliotecas de código, que podem, por sua vez, depender de outras bibliotecas.

Uma startup chamada Tidelift espera ajudar esses programadores desconhecidos a serem pagos com um modelo de negócio que a empresa compara à Netflix. A ideia é que uma empresa pague uma taxa de assinatura para a Tidelift, que recebe uma parte e então distribui o restante para projetos de código aberto que o assinante usa, como o Babel faz. Em troca, o assinante recebe a garantia de que o software é mantido adequadamente.

Por que uma empresa gastaria dinheiro com a Tidelift se pode ter software de graça?

Por causa do suporte e da garantia de que o software permanecerá atualizado e funcionando adequadamente. Esse modelo não funcionaria tão bem para projetos menores de código aberto, em torno dos quais seria difícil construir uma empresa. Além disso, os clientes não querem necessariamente criar contratos com dezenas ou centenas de desenvolvedores de softwares independentes.

Não conseguimos entender porque algo assim não existia, então o criamos, diz o CEO da Tidelift, Donald Fischer, ex-executivo da Red Hat.

Como a Tidelift promete recompensar desenvolvedores

Para participar do Tidelift, os desenvolvedores de software devem garantir que o software não contenha vulnerabilidades conhecidas e se comprometam a manter o software. Além disso, eles prometem se comunicar com a Tidelift e seus assinantes sobre questões de segurança, atualização de recursos e outros assuntos técnicos.

Então, qual a vantagem?

O Tidelift não promete encontrar ou corrigir problemas de segurança não descobertos anteriormente. Em vez disso, o objetivo é ajudar os clientes a evitar algo parecido com o que aconteceu com a Equifax. Como já dito, a Tidelift promete recompensar desenvolvedores. No ano passado, a empresa de crédito revelou que crackers tinham acesso a milhões de arquivos de consumidores através de uma vulnerabilidade no software de código aberto Apache Struts. A falha foi corrigida pela equipe do Struts, mas a Equifax não estava executando uma versão atualizada do software.

Estágio atual

A Tidelift, que arrecadou US$ 15 milhões em capital de risco. A empresa anunciou na semana passada que possui US$ 1 milhão destinados a novos desenvolvedores que participam do programa. Os desenvolvedores receberão pelo menos US$ 10.000 em um período de dois anos.

Fábio Trentino
Estudante de Gestão em Tecnologia da Informação na Universidade Centro Universitário Central Paulista - UNICEP - São Carlos - SP

    Como instalar os temas Arrongin e Telinkrin no Ubuntu e derivados

    Previous article

    Nova versão do Parrot disponível

    Next article

    You may also like

    More in Notícias