Ubuntu Studio 20.10 troca o Xfce pelo KDE Plasma

Uma importante mudança vai ocorrer em relação ao sistema operacional Ubuntu Studio, um dos sabores oficiais do Ubuntu voltado principalmente para quem lida com arquivos de áudio e vídeo ou conteúdo multimídia. A partir do Ubuntu Studio 20.10, o sistema fará uma troca, passando do ambiente de desktop Xfce para o famoso e aclamado KDE Plasma. A diferença é considerada muito significativa, uma vez que o KDE é tido como mais moderno, repleto de recursos e avançado. O Xfce era usado há muito tempo.

Já durante o anúncio de lançamento do Ubuntu Studio 20.04 LTS (Focal Fossa), a equipe deu as pistas do que esperar nas versões futuras da distro. Portanto, a partir da próxima versão do Ubuntu Studio 20.10 (Groovy Gorilla), o ambiente de desktop padrão será alterado para o belo e moderno KDE Plasma.

Você deve estar se perguntando o motivo para esta troca radical do desktop.  Contudo, a resposta é bem simples, já que o KDE Plasma vem com ferramentas muito melhores para quem trabalha com artes gráficas ou fotógrafos. Não se pode esquecer a ferramenta Krita, bastante usada na pintuda, desenhos etc ou o visualizador de imagens Gwenview, além do melhor suporte para tablets Wacom.

Ubuntu Studio 20.10 troca o Xfce pelo KDE Plasma

Ubuntu Studio 20.10 troca o Xfce pelo KDE Plasma

E foi justamente a existência de tantas ferramentas que possibilitou essa mudança, uma vez que os próprios desenvolvedores da distro usam o… Kubuntu baseado no KDE Plasma como seu driver diário. Claro que se trata de uma versão do Kubuntu recheada de pacotes e ilustrações do Ubuntu Studio.

Versões futuras do Ubuntu Studio, começando com 20.10, usarão o KDE Plasma Desktop Environment por padrão. O plasma provou ter melhores ferramentas para artistas gráficos e fotógrafos, como pode ser visto em Gwenview, Krita e até no gerenciador de arquivos Dolphin. Além disso, possui suporte para tablet Wacom melhor do que qualquer outro ambiente de desktop.

Com tantos de nós usando o Plasma, o momento parece certo para focar na transição para o Plasma em nosso próximo lançamento, disse o desenvolvedor do Ubuntu Studio.

Mudança para melhor

Ubuntu Studio 20.10 troca o Xfce pelo KDE Plasma

A equipe do Ubuntu Studio garante à comunidade que nada mudará em termos de uso de recursos para a produção de áudio. Além disso, eles não incluirão o servidor Akonadi, que poderia comprometer a leveza da distro.

O ambiente de desktop Plasma, sem Akonadi, tornou-se tão leve no uso de recursos quanto o Xfce, talvez até mais leve, destacou a equipe do Ubuntu Studio.

Com a troca do Xfce pelo KDE Plasma, a equipe de desenvolvedores do Ubuntu Studio informa que vai trabalhar em conjunto com o pessoal responsável pelo Kubuntu, uma vez que teremos dois sabores oficiais do Ubuntu baseados no KDE Plasma na próxima versão do Ubuntu 20.10 (Groovy Gorilla).

A equipe também avaliará os aplicativos padrão incluídos no Ubuntu Studio 20.10. Com isso em mente, o Ubuntu Studio 20.04 LTS (Focal Fossa) é a última versão a ser fornecida com o ambiente de desktop Xfce.

9to5 Linux

Artigos recentes

Artigos relacionados