Steam_logo
Steam_logo

De fato, jogar no Linux ainda não é uma experiência ideal. Sem dúvida a falta de compatibilidade com jogos AAA é uma das principais razões para isso. A fim de mudar este cenário, a Valve poderá rodar jogos do Windows no Linux, através de uma ferramenta de compatibilidade própria, chamada “Steam Play”.

Valve_logo

A descoberta

No início desta semana, linhas de código foram descobertas no SteamDB, o banco de dados do Steam. Não só referenciando um modo de compatibilidade nos elementos da interface do usuário, como também, um menu de configurações onde seria possível forçar a compatibilidade.

Desse modo, em uma string chamada “Steam_Settings_Compat_Info” há a seguinte descrição:

O Steam Play instalará automaticamente ferramentas de compatibilidade que permitem que você jogue jogos de sua biblioteca que foram criados para outros sistemas operacionais.

Assim como há também “Steam_Settings_Compat_Advanced_Info”, tendo como descrição:

Você pode selecionar uma ferramenta de compatibilidade para usar com jogos que não foram testados ou verificados para funcionar nesta plataforma. Isso pode não funcionar como esperado e pode causar problemas com seus jogos, incluindo falhas e quebras de jogos salvos.

Steam_logo

Novidade ou incorporação?

Acima de tudo, vale a pena notar que não fazem referência a nenhuma das ferramentas de compatibilidade conhecidas, como o WINE ou o DOSBox. Mas, sendo sensatos, não devemos descartar essa possibilidade. Talvez, o Steam Play seja somente uma forma da Valve incorporar algumas dessas ferramentas.

Na verdade, usar o WINE dentro do Steam, é algo pedido por muitas pessoas há um bom tempo.

O Steam Play também poderia melhorar uma das maiores falhas do SteamOS. Uma relativa falta de jogos compatíveis quando comparado ao Windows.

SteamOS

Possível reviravolta

O SteamOS da Valve é construído baseado no Linux e há rumores sobre o SteamOS 3.0 estar a caminho. Isso pode ser parte de um esforço para renovar a plataforma, mesmo depois da Valve remover as Steam Machines da loja Steam. Ao mesmo tempo, a Valve reiterou seu apoio ao Linux e Vulkan para jogos de PC.

Não é segredo que Gabe Newell, dono da Valve, não é um grande fã da Microsoft. E se ferramentas de compatibilidade para sistemas operacionais não-Windows estão a caminho, a empresa certamente faz parte disso.

A capacidade de executar jogos baseados no Windows no Linux de forma incorporada ao Steam seria uma grande vantagem. Mas provavelmente vai demorar um bom tempo até que os convites da festa de lançamento comecem a sair.

Alexandre Varga
Desde pequeno interessado em tecnologia. Desenhista projetista, amante de churrasco, estudante GNU/Linux e aprendiz de escritor!

    A influência da tecnologia na história dos cassinos

    Previous article

    Lubuntu pretende migrar para o Wayland

    Next article

    You may also like

    More in Notícias