in

Vantagens e desvantagens de usar o Python com a Internet das Coisas

Quem pretende usar o Python precisa estar atento a esses detalhes.

Vantagens e desvantagens de usar o Python com a Internet das Coisas
Imagem: Reprodução / IoT Tech Trends.

A princípio, o Python é uma das linguagens de programação mais populares por aí, e sites inteiros – como Instagram, Reddit e Mozilla – foram construídos sobre ele. As principais vantagens são legibilidade, fluxo lógico e o uso de bibliotecas para realizar mais trabalhos com menos código. Como o Python é modular e extensível, ele pode combinar fortemente com a Internet das Coisas (IoT, sigla em inglês). Assim, vamos analisar os prós e contras do Python quando usados em sistemas de IoT.

Por que o Python é adequado para a Internet das Coisas

Diferentemente das linguagens de alto nível, como C++ ou Java, o Python é customizado para implementar a lógica de negócios diretamente no nível do dispositivo. Assim, isso reduz a quantidade de dados a serem tratados.

Esteja você desenvolvendo soluções de IoT do zero ou interagindo com sensores, atuadores e dispositivos secundários, o Python entende suas necessidades. É fácil aprender, depurar e o código pode ser transportado livremente de uma máquina para outra.

Vantagens e desvantagens de usar o Python com a Internet das Coisas
Sensor de baixa potência. Imagem: Reprodução / IoT Tech Trends.

Um dos maiores benefícios do Python é o suporte a bibliotecas externas versáteis, incluindo bibliotecas da IoT. O Pycharm, um IDE popular para Python, permite adicionar uma biblioteca com muita facilidade se você tiver um arquivo de rascunho externo que pode variar do Amazon Redshift ao JSON e XML.

Vamos ver as vantagens de adicionar bibliotecas IoT externas para o Python.

Bibliotecas Python para a Internet das Coisas

O Python permite que você trabalhe com várias principais bibliotecas IoT externas.

TensorFlow

Uma biblioteca gratuita e de código aberto, o TensorFlow é uma linguagem de machine learning desenvolvida pelo Google para seus programas de redes neurais. Por exemplo, ele encontra uso no Google Voice, reconhecedor de fala e outros programas de inteligência artificial (IA).

Vantagens e desvantagens de usar o Python com a Internet das Coisas
TensorFlow. Imagem: Reprodução / IoT Tech Trends.

De acordo com as informações do site do TensorFlow, o aplicativo funciona excelentemente com o Python para todos os dispositivos incorporados, incluindo dispositivos Raspberry Pi e Coral.

Keras

Keras é outra excelente biblioteca de machine learning que trabalha com Python. Além disso, é amplamente utilizada em redes neurais e programas de IA. De fato, é chamada de biblioteca de deep learning do Python. Todo e qualquer modelo no Keras foi desenvolvido exclusivamente com código Python.

O Keras trabalha com o TensorFlow no back-end; portanto, antes de instalar o Keras, você já deve ter o TensorFlow no IDE do Python.

O Keras é usado como um sistema operacional robô; portanto, se seu projeto tiver elementos robóticos, você encontrará o Keras.

Raspberry Pi

Talvez um dos melhores recursos do Python seja a sinergia estreita com o Raspberry Pi, uma das placas mais populares usadas em vários projetos de IoT.

Vantagens e desvantagens de usar o Python com a Internet das Coisas
Raspberry Pi com Python. Imagem: Reprodução / IoT Tech Trends.

Você pode fazer o que quiser com o programa Python, uma vez selecionado para o Raspberry Pi. Seu site possui uma lista de comandos oficiais e noções básicas de instalação para usar o código Python.

Desvantagens do Python para a Internet das Coisas

Existem algumas desvantagens de trabalhar com o Python em projetos de IoT.

Desenvolvimento de habilidades móveis e inteligentes

Se você estiver trabalhando com aplicativos móveis, o Python é lento e inconveniente. Por exemplo, a Alexa Skills usa JavaScript/Node.js. De acordo com o Google Developers, toda a programação do Google Assistant é escrita em Node.js, Go, C++ e Java.

Limites de velocidade

Como cada linha do Python deve ser interpretada separadamente, pode causar uma execução lenta.

Problemas com o banco de dados

Por fim, os bancos de dados usados no Python precisam ser importados um por um, o que pode ser uma fonte de dor de cabeça para o desenvolvimento avançado de aplicativos.

Resumo

Portanto, o Python é uma linguagem muito importante no desenvolvimento da IoT, uma vez que possui usos incríveis no Raspberry Pi e funciona com bibliotecas neurais e de IA avançadas. No entanto, atualmente, ele é usado apenas como uma linguagem de programação de backup por redes populares de IoT, como Amazon e Google. Assim, é provável que isso mude no futuro, já que o Python tem muitos usos devido à sua simplicidade.

Neste artigo, você conheceu as vantagens e desvantagens de usar o Python com a Internet das Coisas.

Fonte: IoT Tech Trends

Leia também:

Por que o Python é considerado a melhor linguagem de programação à frente do JavaScript e do C++

Python 3.8 chega com várias novidades

Escrito por Leonardo Santana

Astrônomo amador e eletrotécnico. Apaixonado por TI desde o século passado.

000 - Ubuntu via SSH a partir do Windows

Como o SSH estabelece uma comunicação segura

Microsoft divulga planos do Azure para a Internet das Coisas

Microsoft divulga planos do Azure para a Internet das Coisas