Categorias

o-android-13-tem-codinome-interno-vazado-a-aposta-agora-e-a-sobremesa-tiramisu

Android

Games

Notícias

Tutoriais Linux

Vídeos

Notícias

13/04/2021 às 11:00

5 min leitura

Avatar Autor
Por Jardeson Márcio

Vazam dados de 1,3 milhão de usuários do Clubhouse

versao-beta-do-clubhouse-comeca-a-ser-testada-no-android

O Clubhouse é uma rede social recente, mas, que cresceu muito nos últimos meses. Ele trata-se de uma sala de chat apenas com áudio e, no momento, requer um convite para participar. Ele também está disponível apenas para iOS e uma versão para Android está supostamente a alguns meses de distância. Mas, seu crescimento chamou a atenção de hackers e dados pessoais de 1,3 milhão de usuários do Clubhouse foram vazados

Os cibercriminosos usaram o Clubhouse para alguns de seus esquemas nefastos, incluindo anúncios falsos no Facebook tentavam fazer com que as vítimas ingressassem no inexistente Clubhouse para PC. Inscrever-se nesse software falso resultou no envio de malware aos dispositivos dos usuários, embora os anúncios tenham sido descontinuados.

vazam-dados-de-13-milhao-de-usuarios-do-clubhouse
Imagem: YOUPIX

Clubhouse tem dados de usuários vazados

O último problema que surgiu em torno do Clubhouse é um grande vazamento que expôs 1,3 milhão de registros de usuários danificados. O incidente ocorreu poucos dias depois que mais de um bilhão de registros de usuários do Facebook e LinkedIn foram colocados à venda online. A diferença é que os registros do Clubhouse vazaram gratuitamente em um site de hacker amplamente acessado o que torna o vazamento ainda pior.

Os dados que vazaram incluíram a ID de usuário do assinante, nome, URL da foto, nome de usuário, identificador do Twitter, identificador do Instagram, número de seguidores, número de pessoas seguidas pelo usuário, data de criação da conta e o nome do perfil do usuário usado pela pessoa que convidou este assinante. Em outras palavras, um amontoado de informações perfeito para os cibercriminosos.

O que disse o Clubhouse?

O Clubhouse respondeu dizendo que não sofreu uma violação de dados e que algumas das informações supostamente vazadas estão disponíveis gratuitamente por meio da API da empresa. Isso por si só já traz algumas questões sobre a política de privacidade do usuário implementada pelo Clubhouse.

O Phone Arena questionou o por quê deveria haver a necessidade de todos esses dados estarem disponíveis. Mesmo informações financeiras, como números de cartão de crédito, não sendo vazadas, os restante dos dados estavam disponíveis e isso assusta.

A Cybernews sugere que os usuários tomem cuidado ao responder a mensagens suspeitas, textos e e-mails “phishing” e solicitações de conexão. Crie senhas fortes e considere o uso de um gerenciador de senhas. E use a autorização de dois fatores (2FA) para todas as suas contas online.

Não só para o Clubhouse, como para qualquer rede social, a atenção deve ser redobrada e os cuidados, diários. Talvez seja melhor não dar tantas informações pessoais às redes sociais.

Via: Phone Arena

Jardeson é Mestre em Tecnologia Agroalimentar e Licenciado em Ciências Agrária pela Universidade Federal da Paraíba. Entusiasta no mundo tecnológico, gosta de arquitetura e design gráfico. Economia, tecnologia e atualidade são focos de suas leituras diárias. Acredita que seu dia pode ser salvo por um vídeo engraçado.

Últimos artigos

Newsletter

Receba nossas atualizações!

Newsletter

Receba nossas atualizações!
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.