White box networking: Simplificando o gerenciamento de redes

Emanuel Negromonte
4 minutos de leitura

O universo das redes de computadores sempre foi repleto de siglas e jargões técnicos que podem ser confusos para muitas pessoas. Entre esses termos, destaca-se o “white box networking”, uma abordagem inovadora que tem ganhado popularidade nos últimos anos. Neste artigo, exploraremos o conceito de white box networking, seu funcionamento e os benefícios que ele pode trazer para as empresas.

O que é white box networking?

White box networking, ou “rede de caixa branca”, é uma abordagem para construir e gerenciar redes de computadores utilizando equipamentos de rede baseados em hardware de código aberto, em vez de utilizar soluções proprietárias. Esses equipamentos, conhecidos como “white boxes”, são bare-metal switches que podem ser programados e configurados de acordo com as necessidades específicas de cada rede.

Como funciona?

Ao contrário dos switches de rede tradicionais, que são comercializados com software de rede pré-instalado e limitado, os white boxes permitem que os administradores de rede instalem o sistema operacional e as aplicações de rede de sua escolha. Isso proporciona um alto grau de flexibilidade e controle sobre a infraestrutura de rede.

Os white boxes podem ser programados utilizando linguagens de programação em vez de interfaces de linha de comando (CLI) tradicionais. Isso facilita a automação e a orquestração da rede, permitindo que os administradores criem fluxos de trabalho personalizados e implementem políticas de rede de forma consistente em toda a infraestrutura.

Benefícios do white box networking

A adoção do white box networking traz uma série de benefícios para as empresas, como:

  1. Custo reduzido: Os white boxes, muitas vezes baseados em hardware comum de mercado, tendem a ser mais acessíveis do que as soluções proprietárias. Isso permite que as empresas economizem em custos de aquisição e atualização de equipamentos de rede.
  2. Flexibilidade e escalabilidade: Com os white boxes, as empresas têm a liberdade de escolher o software mais adequado para as suas necessidades e adaptar a rede conforme necessário. Além disso, a arquitetura aberta dos white boxes facilita a escala e a expansão da rede conforme a empresa cresce.
  3. Maior controle e visibilidade: Ao utilizar white boxes, os administradores têm maior controle sobre o funcionamento da rede e podem personalizá-la de acordo com as necessidades específicas da empresa. Além disso, a programabilidade dos white boxes permite a implementação de políticas de segurança avançadas e a coleta de informações detalhadas sobre o tráfego de rede.

Conclusão

White box networking é uma abordagem inovadora que promove a flexibilidade, o controle e a economia de custos no gerenciamento de redes de computadores. Ao adotar essa abordagem, as empresas podem construir e operar redes altamente personalizáveis, escaláveis e eficientes. No entanto, é importante destacar que a implementação do white box networking requer conhecimentos técnicos sólidos e uma análise cuidadosa das necessidades e requisitos da empresa.

Share This Article
Follow:
Fundador do SempreUPdate. Acredita no poder do trabalho colaborativo, no GNU/Linux, Software livre e código aberto. É possível tornar tudo mais simples quando trabalhamos juntos, e tudo mais difícil quando nos separamos.