Windows 10 ganha mais três anos de vida

Jardeson Márcio
3 minutos de leitura

O Windows vem se atualizando ao longo dos anos, com um intervalo entre suas novas versões. O Windows 10 foi lançado alguns anos antes de a empresa anunciar o Windows 11. Mas, a vida útil do Windows 10 está se aproximando do fim. Mas, calma, a Microsoft dará mais três anos de vida ao Windows 10, desde que você pague por isso.

Microsoft Windows

O Windows 11 é o sistema operacional mais recente para desktops e laptops rodando Windows, mas o Windows 10 continua popular. O Windows 10 terá suporte até 14 de outubro de 2025, com patches de segurança, e é quando muitos usuários decidirão atualizar para o Windows 11. Se você ainda deseja continuar com o Windows 10 e ainda deseja atualizações de segurança, a Microsoft tem uma saída para você, desde que você possa pagar.

A Microsoft agora está oferecendo aos indivíduos a opção de assinar o programa Extended Security Update (ESU) do Windows 10, conforme destacado pela ArsTechnica (Via: Android Authority). Embora não estejam disponíveis detalhes técnicos para o mesmo, o programa ESU para empresas permite que as organizações adquiram uma assinatura anual que pode ser renovada por três anos.

Os dispositivos inscritos na ESU receberão atualizações de segurança mensais para o Windows 10. No passado, a Microsoft oferecia licenças por usuário para a ESU. E agora, os usuários poderão pagar pelo serviço novamente.

windows-10-ganha-mais-tres-anos-de-vida

Estender a vida do Windows 10 vale a pena?

A Microsoft ainda não forneceu detalhes de preços para empresas e indivíduos. No entanto, a empresa destaca que a ESU inclui apenas atualizações de segurança críticas e importantes. Ele não inclui novos recursos, solicitações de alteração de design ou atualizações não relacionadas à segurança solicitadas pelo cliente. Mesmo o suporte técnico fora da ESU não está disponível na empresa.

Resumindo, seria melhor atualizar para o Windows 11, a menos que realmente não possa (e tenha dinheiro sobrando para essa decisão). O Windows 11 possui requisitos de hardware adicionais que podem não ser viáveis para alguns usuários. Esses casos de uso ainda têm quase dez meses para descobrir o caminho a seguir. Pode até haver alguns usuários que não estejam atualizando por escolha pessoal. Para eles, dizemos que o Windows 11 não é tão ruim e há uma chance de você acabar gostando dele.

Então, talvez seja melhor você migrar logo para o Windows 11 e garantir mais alguns anos de atualização, sem ter que pagar por isso.

Share This Article
Follow:
Jardeson é Mestre em Tecnologia Agroalimentar e Licenciado em Ciências Agrária pela Universidade Federal da Paraíba. Entusiasta no mundo tecnológico, gosta de arquitetura e design gráfico. Economia, tecnologia e atualidade são focos de suas leituras diárias. Acredita que seu dia pode ser salvo por um vídeo engraçado.