Xiaomi lançará seu primeiro carro elétrico este ano!

Jardeson Márcio
3 minutos de leitura

A Xiaomi, fabricante chinesa de telefones, tem desenvolvido o seu primeiro carro elétrico nos últimos dois anos. De acordo com os últimos relatórios, a empresa está quase pronta para apresentar seu primeiro carro elétrico e ainda temos dados sobre baterias e preços.

Carro elétrico da Xiaomi

Com o codinome “Modena”, o primeiro carro elétrico da Xiaomi é um sedã e é seu bilhete de ouro para o mundo EV. O ambicioso empreendimento ocorre dois anos depois que a gigante da tecnologia anunciou suas aspirações de EV, e os relatos da mídia local sugerem que o fabricante do telefone poderia revelar este carro junto com seu próximo smartphone carro-chefe, o altamente aguardado Xiaomi 14.

xiaomi-lancara-seu-primeiro-carro-eletrico-este-ano

Você pensaria que a transição da fabricação de telefones para a produção de carros levaria um tempo significativo. No entanto, relatórios de Pequim indicam que a marca já se encontra em fase de produção experimental numa fábrica no parque industrial de Daxing e já produz 50 protótipos por semana.

Além disso, eles começaram a intensificar seus esforços de recrutamento, com alguns candidatos vindos até mesmo de gigantes automobilísticos conceituados como Mercedes e Tesla. Vazamentos recentes na mídia oferecem uma prévia das ambições de EV da Xiaomi. Parece que o Modena, ou MS11, não se trata apenas de estética (embora, com grandes faróis de LED, maçanetas embutidas e um teto panorâmico de vidro, seja atraente). Prevê-se que o carro tenha uma bateria ternária (NMC) de 101 kWh, proporcionando uma versão de longo alcance que pode percorrer impressionantes 800 km com uma única carga. Esta bateria pesa cerca de 642 kg. Para aqueles com mais conhecimentos técnicos, sua densidade de energia é de 157 Wh/kg e suporta carregamento de 800 V DC.

xiaomi-lancara-seu-primeiro-carro-eletrico-este-ano

No entanto, o bilhete EV dourado da Xiaomi vem com uma etiqueta de preço dourada? Bem, com um preço inicial sugerido de 200.000 RMB (cerca de R$ 135,6 mil), está preparado para competir com players notáveis como o Tesla Model 3 e o BYD Seal no mercado chinês de veículos elétricos. Existem vários sedãs elétricos disponíveis nessa faixa de preço na China. Mas a entrada da Xiaomi no campo certamente agitará a situação, dada a experiência da marca no desenvolvimento de software e hardware.

Além disso, considerando que os designs da Xiaomi sempre foram inovadores, há muita expectativa em torno da estética e das características do Modena (ou será o MS11?). Se seus telefones servirem de referência, os clientes em potencial podem esperar uma combinação perfeita de estilo e funcionalidade. Embora a data exata de lançamento ainda permaneça envolta em mistério, há especulações de que a Xiaomi poderá apresentar seu novo carro já em outubro.

Via: ArenaEV
Share This Article
Follow:
Jardeson é Mestre em Tecnologia Agroalimentar e Licenciado em Ciências Agrária pela Universidade Federal da Paraíba. Entusiasta no mundo tecnológico, gosta de arquitetura e design gráfico. Economia, tecnologia e atualidade são focos de suas leituras diárias. Acredita que seu dia pode ser salvo por um vídeo engraçado.