Notícias sobre Ubuntu, Debian, Fedora, Linux, Android, Tecnologia, LibreOffice e muito mais!

Yahoo é acusado de passar informações pessoais de usuários ao FBI e NSA!

Yahoo é acusado de passar informações pessoais de usuários ao FBI e NSA!

Em uma matéria realizada pela agência de noticias Reuters, o Yahoo teria desenvolvido um software para escanear todos os e-mails dos usuários que utilizam o serviço Yahoo Mail. Três fontes, sendo que dois deles, são ex-funcionários da empresa.

Há casos onde empresas monitoravam mensagens em tempo real e mensagens mais antigas em pequenas quantidades, mas esse seria o primeiro caso, onde uma empresa desenvolveu um programa para verificar e ler as mensagens de seus usuários. Ironicamente, o Yahoo se posicionou contra a um projeto de lei de vigilância do governo dos EUA.
O programa teria sido criado, após o Yahoo fechar um acordo com a NSA e com o FBI, termos específicos nos e-mails teriam sido buscados, mas não há detalhes sobre as palavras ou assuntos que eram buscados.
As coisas não estão faceis para o Yahoo, a semana passada, a empresa sofreu um ataque, onde de 1 bilhão a 3 bilhões de contas teriam sido comprometidas. O ataque teria sido patrocinado por uma nação da Europa-Oriental.
Os informantes da Reuters disseram que Marissa Mayer, CEO do Yahoo, decidiu obedecer a ordem da NSA e FBI, o que iria contra suas declarações públicas em favor da privacidade. Isto teria incomodado diversos executivos da empresa e teria levado ao afastamento de Alex Stamos, ex-chefe de segurança da informação. Hoje, Alex Stamos trabalha para o Facebook.

google_ad_client = “ca-pub-5822666425104102”;
google_ad_slot = “4535459677”;
google_ad_width = 728;
google_ad_height = 90;


A resposta do Yahoo!

A Reuters entrou em contato com o Yahoo, que deu a seguinte resposta:

O Yahoo é uma empresa que obedece à lei, e respeita as leis dos Estados Unidos.

Alex Stamos também foi contatado, mas se recusou a comentar o assunto.

Comentários