in

5 melhores emuladores Android para Linux em 2020

Veja opções pagas e gratuitas

O Android domina quando falamos em sistema operacional de smartphones. São mais de 2,5 bilhões de dispositivos com o sistema do Google. Assim, parece óbvio o motivo das empresas se concentrarem neste sistema na hora de criar aplicativos. Mas e se você tiver um dispositivo com pouca energia, mas ainda quiser usar software de ponta? Você compraria um telefone caro ou optaria por um emulador Android gratuito?

Então, você está curioso para saber sobre o que todos os emuladores Android pagos e gratuitos que você pode usar? Aqui, trazemos uma lista compilada dos 5 principais emuladores Android para sistemas operacionais Linux.

5 melhores emuladores Android para Linux (2020)

  1. Android-x86
  2. AVD (Android Virtual Device)
  3. Genymotion
  4. Bliss OS
  5. Anbox

1. Android-x86

Preço: Grátis

Se você deseja executar jogos ou aplicativos Android, o Android-x86 é uma das melhores alternativas para outros emuladores de telefone. Em vez de instalar um sistema operacional específico, ele possui ISO separado para inicializar como um sistema operacional Android independente.

Como o nome sugere, o Android-x86 tem como alvo a arquitetura x86. Você também pode executá-lo sem instalação usando a opção Live CD. Por padrão, ele começa com uma interface semelhante a um iniciador de aplicativos Android. Mas você também pode alterá-lo para uma área de trabalho no estilo Windows.

Android-x86: Tela Quickstep

Além disso, você também pode baixar temas da Google Play Store. O Android-x86 fornece suporte completo para os serviços do Google.

Principais recursos do Android-x86:

  • Suporte a Wi-Fi e Bluetooth com GUI
  • Bluetooth, suporte ao sensor G
  • Suporte de montagem automática de armazenamento externo
  • Suporte de tema ao GRUB-EFI
  • Emulador de terminal pré-instalado
Android-x86 usando Wi-Fi
Android-x86 usando Wi-Fi

Outra coisa que realmente torna esse emulador do Android mais confiável são as atualizações de software. Recentemente, a primeira versão estável do Android-x86 baseada no Android Pie 9.0 trouxe vários novos recursos, como o suporte experimental da Vulkan para as novas GPUs Intel e AMD.

Como instalar o Android-x86 no Linux?

Para instalar o sistema operacional Android-x86 na área de trabalho do Linux, primeiro você precisa fazer o download do arquivo ISO ou rpm aqui.

Inicializando usando ISO

Em seguida, crie um stick USB inicializável usando ISO. Mas antes disso, verifique o nome do dispositivo USB conectado executando o comando:

lsblk

Ele exibirá todos os dispositivos conectados ao seu sistema. Você deve anotar o nome do dispositivo e incluir o mesmo no comando abaixo:

dd if=android-x86_64-9.0-r1.iso of=/dev/sdX

onde sdX é o nome do dispositivo da sua unidade USB.

Agora, reinicie o sistema e você terá uma opção no menu de inicialização.

Menu de inicialização do Android-x86
Menu de inicialização do Android-x86

Inicializando usando RPM

Se você tiver a imagem rpm, poderá executar o seguinte comando se estiver usando uma distribuição Linux baseada no Red Hat.

sudo rpm -Uvh android-x86-9.0-r1.x86_64.rpm

Mas, se você estiver usando uma distribuição Linux baseada no Debian , poderá usar a ferramenta alien para tornar o USB inicializável.

sudo apt install alien
sudo alien -ci android-.rpm

Depois disso, basta reiniciar o sistema e aproveitar a experiência do Android.

Nota: Para executar o Android x86 em um sistema Host atual, você pode usar o emulador QEMU Android.

Como instalar e executar aplicativos Android no Android-x86?

Para executar aplicativos Android, você pode acessar uma Google Play Store pré-instalada, onde pode pesquisar e instalar qualquer aplicativo.

2. AVD (Android Virtual Device)

Preço: Grátis

O AVD é uma das cópias mais limpas do Android que não apenas emula um dispositivo Android, mas também fornece quase todos os recursos de um dispositivo Android real. Ele vem com o Android Studio IDE que você também pode usar para o desenvolvimento de aplicativos.

Você pode até simular chamadas telefônicas e mensagens de texto, diferentes velocidades de rede, rotação e outros sensores de hardware. Você pode conectar dispositivos externos usando USB para transferir dados ou depurar um aplicativo Android.

Dispositivo virtual Android
Como o Android Studio é o produto do Google, você pode esperar suporte direto da empresa. Além disso, o AVD pode ser a melhor opção para desenvolvedores que desejam um editor de código com funcionalidade estendida.

Um desenvolvedor pode usar o dispositivo virtual por meio de sua interface gráfica com o usuário ou linha de comando para testes. Além disso, eles também podem testar aplicativos Android com base na realidade aumentada.

Principais recursos do dispositivo virtual Android:

  • Suporte direto do Google;
  • Teste e depuração fáceis
  • Gestos de navegação
  • Capturas de tela e tela
  • Câmera de cena virtual e ARCore

Além disso, você também pode criar vários emuladores Android para Linux e outros dispositivos, como tablets Android, smartwatches Wear OS e dispositivos Android TV.

Como instalar o Android SDK no Linux?

Antes de criar e executar o emulador virtual do Android, primeiro você precisa do Android Studio em execução na sua máquina. Como envolve um processo um pouco longo, sugiro que você siga as instruções oficiais daqui.

Android Studio - criando dispositivos virtuais
Android Studio – criando dispositivos virtuais

Depois de concluir a instalação, você pode usar o gerenciador de dispositivos virtuais para criar vários emuladores Android com a configuração desejada.

Como instalar e executar aplicativos Android no AVD?

É óbvio que ele possui serviços do Google. Portanto, você pode criar uma conta do Google e instalar o aplicativo na Play Store.

3. Genymotion

Preço: computador (a partir de US $ 136 ao ano), nuvem (US $ 0,5/min para PaaS, US $ 0,05/min para SaaS)

Se você procurar o melhor emulador para Android online,o melhor talvez seja o Genymotion. Genymotion é um produto comercial disponível para as versões em nuvem e desktop. Mas uma das razões pelas quais a classifiquei mais baixa porque não é de código aberto e gratuito.

Porém, sendo um emulador proprietário, fornece suporte e segurança regulares. E se você é um desenvolvedor profissional, ele vai além do AVD. Ele também suporta totalmente o Android Studio IDE que os desenvolvedores podem usar para testar e depurar aplicativos Android. Não apenas isso, mas você também tem acesso ao ADB para utilizar a estrutura de teste com segurança.

Genymotion
Genymotion

Além disso, o Genymotion Android Emulator oferece suporte interno a todas as funcionalidades, como suporte a celular, Wi-Fi, GPS e cartão SD.

Principais recursos do Genymotion:

  • Wi-Fi e GPS
  • Captura de câmera
  • Suporte Android Studio
  • Dispositivo virtual para desktop e baseado em nuvem
  • SMS e chamadas

Se você não deseja instalar o Genymotion Desktop, também pode usar o emulador Android online para executar o aplicativo no navegador. Usando a Genymotion Cloud, você pode desfrutar de jogos e aplicativos pesados em uma grande tela da área de trabalho sem baixar nada.

Genymotion: jogos na nuvem no navegador da web
Genymotion: jogos na nuvem em um navegador da web

Como instalar o Genymotion no Linux?

Antes da instalação do Genymotion, primeiro você precisa comprar a edição para desktop. Ou você também pode comprar a edição em nuvem para usar seu emulador Android on-line que não requer instalação. Para obter informações sobre preços, acesse o site oficial para nuvem e desktop.

Como instalar e executar aplicativos Android no Genymotion?

O Genymotion fornece suporte completo aos serviços do Google. Portanto, você pode aproveitar qualquer aplicativo Android e acessá-los através do seu PC.

4. Bliss OS

Preço: Grátis

Outra alternativa do Android-x86 baseado em ISO que você também pode considerar é o sistema operacional Bliss. Ele suporta a inicialização no modo MBR ou UEFI para executar aplicativos Android sem problemas em qualquer computador Linux ou Tablet.

Além das funções normais do Android, o Bliss OS possui a melhor interface de usuário de ponta. Inclui muitas opções para personalização e temas. Você também pode escolher entre a interface de usuário da área de trabalho ou do tablet, com base no iniciador em uso.

Bliss OS
Bliss OS

Além disso, o Bliss OS oferece alta velocidade e estabilidade para executar aplicativos populares em seu emulador Android grátis. Você pode até ajustar o tamanho do aplicativo de acordo com a tela do dispositivo.

Key features of Bliss OS:

  • Design polido
  • Rede e Wi-Fi
  • Loja de aplicativos do Google
  • Aplicação ARM
  • Disponível para dispositivos móveis e tablets

Para executar aplicativos baseados em ARM e ARM64, você pode experimentar a versão beta mais recente do Bliss OS baseada no Android 10.

Bliss OS
Bliss OS – Tablet

Como instalar o Bliss OS no Linux?

O processo de instalação do Bliss OS é o mesmo do Android-x86. Você pode baixar e inicializar a ISO do emulador seguindo as mesmas etapas. Você também pode experimentar a versão beta para executar o Android Pie 10 a partir daqui.

Download Bliss OS

Como instalar e executar aplicativos Android no Bliss OS?

O Bliss OS também segue o mesmo processo de instalação de um aplicativo usando o Google Play Store.

5. Anbox

Preço: Grátis

Anbox é o produto da Canonical que também constrói a mais famosa distribuição Linux, o Ubuntu.  No entanto, o Anbox não suporta o Google Play Store.

É como uma camada de compatibilidade que executa aplicativos Android em qualquer sistema operacional GNU / Linux. Portanto, em vez da Play Store, você precisa usar a ferramenta ADB para instalar o aplicativo usando o APK baixado.

O Anbox utiliza o kernel e os recursos da máquina host para executar o sistema operacional Android em vez de criar um sistema emulado. Como resultado disso, a Anbox trabalha com fluência e rapidez para executar aplicativos em seu emulador Android grátis.

Anbox
Anbox

Além disso, o Anbox apresenta um modelo exclusivo de alavancagem de contêineres LXC para separar completamente o sistema operacional Android da máquina host. Com isso, funciona mais como uma máquina virtual e faz com que o usuário sinta que está usando um smartphone Android portátil.

Principais recursos do Anbox:

Você também pode instalar outro sistema operacional móvel no Anbox, como Ubuntu Touch, Sailfish ou LuneOS.

Como instalar o Anbox no Linux?

Para instalar o Anbox, primeiro, você precisa instalar a ferramenta de gerenciamento de software chamada Snap.

Para instalar o snap, execute o comando:

sudo apt update
sudo apt install snapd

Agora, para o Anbox, execute o comando fornecido abaixo e aproveite a experiência do Android no sistema Linux.

sudo snap install --devmode --beta anbox

Como instalar e executar aplicativos Android no Anbox?

Embora o Anbox não seja fornecido com os serviços do Google Play, você ainda pode instalar um aplicativo manualmente usando o arquivo APK. Para instalar o aplicativo, primeiro, você precisa instalar o ADB (Android Debug Bridge) no seu sistema host.

Você pode executar o comando:

adb install android-tools-adb

Após instalar todas as ferramentas necessárias, faça o download do arquivo APK de qualquer aplicativo que você deseja instalar. Você pode obtê-lo no site Apkmirror ou Apkpure.

Para verificar os dispositivos emuladores Android em execução na sua máquina, você pode usar o seguinte comando para listar todos eles:

adb devices
Anbox - comando adb devices em execução
Anbox – comando adb devices em execução

Em seguida, execute o comando abaixo para instalar o aplicativo e ele será exibido automaticamente no Anbox.

adb install path/to/my-app.apk
Anbox - instalando aplicativo usando adb
Anbox – instalando um aplicativo usando adb

Quer mais emuladores Android?

No final, também gostaria de mencionar outros emuladores Android disponíveis para Linux, que podem ser bastante úteis. Para citar alguns, há Shashlik, ARChon, AndroVM, AndyOS e muitos mais. Mas, destes, alguns ainda estão em desenvolvimento e outros têm capacidades limitadas. Se você quiser, você pode tentar.

Fossbytes