in

9 maneiras que mostram o Linux dominando o mundo

Linux não está “amarrado” apenas a servidores e desktops, cada vez mais ganha espaço e diversas maneiras mostram que o Linux está dominando o mundo.

9 maneiras que mostram que o Linux está dominando o mundo
Imagem reprodução MakeUseOf

O Linux não é executado apenas em computadores domésticos. Você também encontrará em dispositivos e projetos muito mais interessantes. É particularmente comum que a natureza proprietária do Windows e do macOS não seja adequada. No entanto, observamos que o software livre e de código aberto sempre será estendido para atender diversos interesses e isso mostra o Linux dominando o mundo.

Vamos dar uma olhada mais de perto em quem usa Linux e considerar algumas das formas mais incomuns de pessoas e empresas utilizando a distribuição do pinguim.

 

1. Grande Colisor de Hádrons

9 maneiras que mostram que o Linux está dominando o mundo
Site do CERN Linux

O Large Hadron Collider (LHC) é o maior e mais poderoso acelerador de partículas do mundo. É um tubo circular de 27,35 quilômetros de comprimento enterrado 175 metros abaixo da fronteira franco-suíça, perto de Genebra.

É do conhecimento comum que a instalação tem sido um sucesso retumbante do ponto de vista científico. Mas o LHC também é um milagre da computação.

Nos primeiros 12 meses de operação, o LHC produziu mais de 50 petabytes de dados. A equipe precisou de 170 centros de computação em 42 países para analisar tudo em tempo hábil. É a maior grade de computação distribuída do mundo.

O Linux executa o próprio LHC e os data centers associados. Para ser mais preciso, o LHC usa uma versão modificada do Scientific Linux.

 

2. Controle de Tráfego Aéreo nos Estados Unidos

Imagem reprodução Airway

Em 2006, a Federal Aviation Administration (FAA) migrou toda a sua operação de computação para o Linux, incluindo todas as máquinas que rastreiam aviões enquanto estão no radar.

A organização mudou de uma forma proprietária do Unix para o Red Hat Enterprise Linux.

A decisão foi parte de uma decisão mais ampla da FAA de se afastar do software proprietário e se concentrar em aplicativos que usam Java, serviços da Web, software de código aberto e produtos Oracle.

Avanço rápido até hoje, e o Linux é responsável pela segurança dos 8.000 aviões que estão no céu acima dos EUA a qualquer momento.

 

3. Equipamentos Agrícolas

Máquinas Agrícolas DeLaval

DeLaval não é um nome que muitas pessoas reconhecerão, mas é um dos maiores fabricantes de equipamentos agrícolas do mundo. A empresa desfruta de vendas anuais superiores a $1 bilhão.

Um dos produtos mais populares da empresa é a sua máquina automática de ordenha de vacas. Ela permite que os agricultores extraiam leite de seu rebanho usando um controle remoto sem fio.

E adivinha? Sim, é executado no Linux. O sistema operacional é diretamente responsável pela extração do leite que você coloca no seu cuscuz todas as manhãs, por exemplo [rs].

4. Carros Autônomos

Carro Autônomo do Google, atual Waymo. Imagem reprodução Wikipedia.

O Linux está impulsionando a revolução dos carros autônomos.

Os computadores autônomos do Google rodam o Linux, enquanto os primeiros protótipos da GM e da Volkswagen também escolheram o sistema operacional. De fato, a primeira incursão bem-sucedida do Google no mercado – um Toyota Prius autônomo – funcionou no Ubuntu.

Desde os primeiros dias, vimos a criação do Automotive Grade Linux (AGL). É um sistema operacional de computador automotivo que é uma colaboração entre fabricantes de automóveis, fornecedores e empresas de tecnologia em uma tentativa de criar um padrão de fato para as aplicações automotivas.

Entretanto, você pode encontrar AGL em modelos da Toyota, Ford, Mazda, Honda, Subaru e Suzuki.

5. Sensores de Tsunami

Desde que o terremoto e o tsunami no Oceano Índico em 2004 mataram 280 mil pessoas no Sudeste Asiático, a previsão do tsunami tornou-se uma parte vital da segurança pública para as pessoas que vivem em áreas baixas propensas a terremotos. Se você estiver em risco, a tecnologia pode ajudá-lo a sobreviver a desastres naturais.

Um dos principais fabricantes de sensores de tsunami é a empresa americana Teledyne Technologies.

Os sensores da empresa – que rodam no Linux – vêm completos com seu próprio modem e usam acústica para enviar os dados uns para os outros debaixo d’água.

Certamente, o Linux está mudando o mundo e salvando vidas.

6. Sistema Operacional Estatal da Coreia do Norte

Captura de tela do Red Star OS 3.0

Há muita coisa que não sabemos sobre a Coreia do Norte, mas sabemos que o país tem um impressionante sistema operacional em todo o estado, baseado no Linux. É chamado Red Star OS.

Está atualmente na versão 4.0 (lançada em janeiro de 2019), mas a versão 1.0 de 2008 continua a ser a mais popular. Um CD de instalação custa o equivalente a cerca de 25 centavos.

O sistema operacional inclui o navegador Web Naenara (que é um fork do Firefox). A versão 1.0 e 2.0 do sistema operacional foi inspirada no Windows XP. A versão 3.0 e 4.0 se parece mais com o macOS.

Até um país rigoroso e fechado usa software livre e de código aberto. Viva o Linux! [rs].

 

7. Submarinos Nucleares

Imagem reprodução Lockheed Martin

Em 2004, a Lockheed Martin entregou um novo submarino nuclear ao governo dos Estados Unidos. O sonar da embarcação era executado em um sistema operacional baseado no Red Hat Linux combinado com os servidores Apple Xserve. Foi o primeiro para o sonar submarino na época.

A Lockheed Martin escolheu o Linux por dois motivos importantes.

Em primeiro lugar, permitiu que o sonar funcionasse em um modo de baixo consumo de energia, recurso essencial em um submarino.

Em segundo lugar, o fim da dependência de sistemas embarcados permitiu que a tripulação se adaptasse a vários formatos de dados e criptografia enquanto estava no mar.

 

8. Sistema de Controle de Tráfego de San Francisco

Em 2011, a cidade de San Francisco decidiu que era hora de atualizar seus sistemas de controle de tráfego. Dado que a cidade é a 30ª mais congestionada do mundo, é vital que seus sistemas de gerenciamento de tráfego sejam confiáveis. O Waze e os aplicativos de GPS para carros simplesmente não vão funcionar.

As autoridades da cidade decidiram que o Linux alimentaria o sistema. Foi construído em torno de um processador Freescale PowerQUICC II Pro e foi projetado para atender aos padrões nacionais de Controle de Transporte Avançado (ATC).

Parece ótimo, mas San Francisco agora enfrenta 25% mais congestionamentos do que quando o sistema foi implementado. Ainda assim, vamos colocar isso para os condutores da costa oeste, em vez de uma falha do sistema operacional.

 

9. A Estação Espacial Internacional

9 maneiras que mostram que o Linux está dominando o mundo
Imagem reprodução Pplware

Um dos projetos mais interessantes que usa o Linux é a Estação Espacial Internacional (ISS). Quando o ISS foi lançado pela primeira vez em 1998, seus laptops onboards funcionavam no Windows 95. Com o tempo, a NASA os atualizou para o Windows 2000, Windows XP e Windows 7.

Mas em 2013, o Gerente de Operações Espaciais de Computação (SpOC) da NASA, Keith Chuvala, admitiu que toda a matriz de mais de 100 máquinas seria migrada para o Linux. Seus comentários não tornaram a leitura confortável para a Microsoft:

Migramos as principais funções do Windows para o Linux porque precisávamos de um sistema operacional estável e confiável, que nos desse controle interno. Então, se precisássemos corrigir, ajustar ou adaptar, poderíamos.

O Debian foi a distro do Linux que a equipe da NASA acabou decidindo usar. Veja mais uma vez o Linux dominando o mundo, até a NASA migrou para o mundo Linux, foi um dos grandes passos e não foi à toa.

 

Linux dominando o mundo

Então, vamos fazer uma rápida recapitulação sobre o mundo Linux em que vivemos agora:

  1. Grande Colisor de Hádrons
  2. Controle de Tráfego Aéreo
  3. Equipamentos Agrícolas
  4. Carros Autônomos
  5. Sistemas de Aviso de Tsunami
  6. Computadores norte-coreanos
  7. Submarinos Nucleares
  8. Sistemas de Controle de Tráfego
  9. Estação Espacial Internacional

É nítido que o Linux está modificando todo o mundo e está em todo lugar. E neste artigo, nem sequer tocamos em usos cotidianos “divertidos”, como Smart TVs, termostatos inteligentes Nest, leitores eletrônicos Kindle, etc…

E mesmo que tenhamos listado apenas nove usos incomuns do Linux no mundo, a grande variedade de exemplos lhe dará uma apreciação do quão difundido é o sistema operacional.

Contudo, não se engane… o Linux está dominando o mundo e provavelmente você não havia percebido.

Fonte

Escrito por Fabiano Rodrigues

Usuário de Linux desde o Kurumin 7; servidor público, tecnólogo em análise e desenvolvimento de sistemas, amante de software livre e de código aberto; apaixonado por jogos, louco por rock e heavy metal, filmes e seriados.

o-arch-linux-e-bom-hora-de-mudar-de-distribuicao-gnu-linux

O Arch Linux é bom? Hora de mudar de distribuição Linux?

KDE Plasma tem muitas melhorias na interface

KDE Plasma tem muitas melhorias na interface