Agora é possível executar o OpenSUSE Tumbleweed no Raspberry Pi 3 modelo B+ com XFCE

Graças à distribuição EXTON OpSuS Rpi Linux será possível instalar o openSUSE Tumbleweed com a interface XFCE. Portanto, confira neste post que agora é possível executar o OpenSUSE Tumbleweed no Raspberry Pi 3 modelo B+ com XFCE.

O desenvolvedor do GNU/Linux Arne Exton, fez uma nova distribuição para os pequenos computadores embarcados, o Raspberry Pi. Dessa vez, baseados no popular sistema operacional openSUSE Tumbleweed e no leve ambiente gráfico XFCE.

Conheça o EXTON OpSuS Rpi, uma variante da antiga distribuição  EXTON OpSuS Tumbleweed da Arne Exton otimizada para dispositivos Raspberry Pi. É uma “remasterização” da imagem ISO oficial do openSUSE Tumbleweed para Raspberry Pi  Model B+. Ela usa o ambiente XFCE como padrão e com todos os pacotes necessários para o uso diário.

Por diversão

Eu fiz isso principalmente porque é divertido”, disse Arne Exton no anúncio.

Minha versão [EXTON OpSuS Rpi] tem uma grande vantagem, já que você pode desfrutar de som. Bom, se você gosta de YouTube, por exemplo. Eu também, adicionei alguns “pacotes necessários” e evitei instalações de todos os pacotes do KDE”.

Quando perguntado por que ele criou uma outra distribuição Linux, o desenvolvedor disse que fez isso principalmente por diversão, e recomenda EXTON OpSuS Rpi usuários avançados e entusiastas do Linux apenas porque eles podem precisar executar vários comandos em um emulador de terminal de tempos em tempos para permitir coisas no sistema ou otimizar várias partes.

Desenvolvido com Kernel 4.19

Isso nos leva a avaliar o desempenho da distro EXTON OpSuS Rpi no qual no computador de única placa (Raspberry Pi 3 Model B+). Isso aparenta não ser tão rápido quanto o desenvolvedor gostaria. Segundo ele, a interface gráfica do XFCE é extremamente leve. Além disso, é alimentada pelo kernel 4.19 no qual é o mais recente até o presente momento.

Por exemplo, ao assistir a um vídeo no YouTube no navegador web Mozilla Firefox, será necessário ter uma certa paciência para esperar carregar o vídeo. Então, criar uma partição SWAP pode acelerar as coisas nesse caso, disse o desenvolvedor. Ele também descobriu que na execução do sistema como root o desempenho geral é muito melhor.

No entanto, sendo baseado em openSUSE Tumbleweed, o EXTON OpSuS Rpi usa sua base de pacotes e o modelo de release. Assim será possível experimentar uma interface gráfica mais leve do que o XFCE, como o Awesome, i3 ou Bspwm.

O EXTON OpSuS Rpi Build 181126 pode ser baixado através dor site do desenvolvedor.

Fábio Trentino
Estudante de Gestão em Tecnologia da Informação na Universidade Centro Universitário Central Paulista - UNICEP - São Carlos - SP

    Fedora 27 entra na fase de fim de vida útil

    Previous article

    Xubuntu 19.04 não terá ISOs de 32 bits

    Next article

    You may also like

    More in Notícias