Notícias

01/12/2021 às 12:39

5 min leitura

Avatar Autor
Por Emanuel Negromonte

Alemanha vai abrir o código de todos os softwares comprados com dinheiro público!

Alemanha adota o modelo PMPC, Public Money? Public Code!

Alemanha vai abrir o código de todos os softwares comprados com dinheiro público!

O novo governo alemão abraçou a causa em torno do dinheiro público. Agora, o governo quer abrir o código e tornar todos os softwares criados pelo governo e pago com o dinheiro público. Dito isso, a ideia faz parte de um novo conceito nacional chamado “Dinheiro público, Código Público (PMPC)“. Desta forma, o governo alemão entendeu que qualquer código fonte financiado pelo estado deve ser aberto para quem estiver interessado.


Assim, os desenvolvedores que levantam a bandeira do software livre receberam a notícia como positiva. Com isso, o governo da Alemanha vai adotar o PMPC que é amplamente difundido pela Free Software Foundation Europe (FSFE). E assim, como dizem “água mole em pedra dura tanto bate até que fura”, é uma vitória para o movimento do Software Livre.

Todos os softwares do governo alemão agora terão licença livre

A PMPC prega que todo software financiado com dinheiro público deve ser distribuído sob licença aberta, o que fortalece o movimento do Software Livre. Além disso, qualquer pessoa poderá utilizar ou fazer as modificações que quiser. Assim, os softwares do governo alemão, poderá ser estudado, modificado e distribuído.

Software livre do governo alemão pode causar conflitos com gigantes de softwares

Mesmo sendo ótimo para o mundo do Software Livre, a notícia cai como uma bomba no colo das gigantes que prestam serviços ao governo alemão. Assim, todas as empresas que tem o gentil governo como cliente, terão que dançar conforme a música, ou perderão espaço.

Sabemos que empresas como a Microsoft vão torcer o nariz e podem recusar qualquer acordo comercial envolvendo seus códigos. Por outro lado, certamente é um excelente momento para a The Document Foundation, fundação que mantém o LibreOffice de pé.

A TDF declarou que a mudança é uma grande incentivo a todas as empresas que desenvolvem softwares. e desta forma, acabam estimulando a criação de novos softwares. Assim, a decisão do governo, acaba calhando com outra ação realizada pelo estado alemão Schleswig-Holstein que instalou 25 mil computadores com o Linux, e assim também abriu margem para um novo processo de redução de custos evitando os preços absurdos de licenciamento praticados pela Microsoft.

Desta forma, torcemos que nos próximo século, o Brasil possa adotar o modelo. Afinal, precisamos de bons exemplos!

Se você precisa de mais informações sobre a ação da Free Software Foundation Europe, consulte o link abaixo onde a associação publicou um artigo explicando como funciona o entendimento “Public Money? Public Code”:

Fundador do SempreUPdate. Acredita no poder do trabalho colaborativo, no GNU/Linux, Software livre e código aberto. É possível tornar tudo mais simples quando trabalhamos juntos, e tudo mais difícil quando nos separamos.

Mais lidas

Últimos posts

Newsletter

Receba nossas atualizações!

Newsletter

Receba nossas atualizações!
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.
×