in

Amazon é acusada de investir em pequenas empresas e roubar suas ideias

Um relatório aponta para vários exemplos de empresas.

Amazon anuncia a disponibilidade geral de seu serviço de detecção de fraude
O Amazon Fraud Detector é um serviço que facilita a identificação rápida de atividades on-line potencialmente fraudulentas, como pagamento on-line, fraude de identidade e criação de contas falsas.

A Amazon teria usado seu programa de investimentos para obter ideias sobre produtos desenvolvidos por pequenas empresas apenas para usá-las no lançamento de seus próprios dispositivos. Um relatório aponta para vários exemplos, inclusive de uma empresa chamada LivingSocial, cujos representantes se reuniram com a Amazon para discutir um possível investimento.

Em outras palavras, a Amazon realmente entrou em contato com uma série de startups, reuniu-se com seus funcionários, em alguns casos até comprou uma pequena participação, tudo em uma tentativa de obter acesso a dados que permitiram lançar produtos semelhantes aos desenvolvidos por essas startups.

A Amazon é uma das empresas que estão enfrentando alegações de comportamento anticoncorrencial nos Estados Unidos, com uma audiência oficial agendada para segunda-feira, quando o CEO Jeff Bezos testemunhará em frente ao Comitê Judiciário da Câmara dos Estados Unidos.

Amazon é acusada de investir em pequenas empresas e roubar suas ideias

Por exemplo, a Amazon acabou comprando 30% da LivingSocial. Todavia, de acordo com o relatório, a empresa solicitou acesso a dados proprietários e procurou seus clientes oferecendo melhores ofertas para produtos similares.

Funcionários que trabalham na empresa que construiu o Ubi, um alto-falante inteligente, dizem que também se reuniram com executivos da Amazon para discutir uma colaboração. A Amazon acabou lançando produtos baseados nas mesmas ideias que as deles. Alguns fundadores afirmam que, depois que a Amazon lançou produtos rivais, seus negócios entraram em colapso, sendo forçados a reduzir o tamanho de suas empresas.

Amazon é acusada de investir em pequenas empresas e roubar suas ideias
Jeff Bezos, CEO da Amazon. A Amazon teria usado seu programa de investimentos para obter informações sobre produtos desenvolvidos por empresas menores apenas para usá-las no lançamento de seus próprios dispositivos.

Por outro lado, a Amazon se recusou a comentar a história, explicando que as reuniões com as empresas nas quais deseja investir são confidenciais. Acrescentou que nenhuma informação obtida nessas reuniões é usada para criar produtos concorrentes, observando que tais reivindicações são tipicamente resolvidas em tribunal.

Um porta-voz da Amazon disse:

Infelizmente, sempre haverá partes interessadas que se queixam e não constroem. Quaisquer disputas legítimas sobre propriedade intelectual são resolvidas com justiça nos tribunais.

Fonte: Softpedia

Amazon Alexa em breve será capaz de abrir aplicativos Android com comandos de voz

Apple perde liderança para a Amazon como marca mais valiosa do mundo

AWS da Amazon disse que mitigou um ataque DDoS de 2,3 Tbps, o maior de todos os tempos

Amazon Web Services turbina processadores AMD EPYC da 2ª geração