in

Aplicativo de videoconferência Zoom será banido nas escolas de Nova York por questões de segurança

As informações foram encontradas em um memorando emitido pelo Departamento de Educação de Nova York.

Zoom adquire a startup de segurança Keybase para oferecer criptografia de ponta a ponta
Imagem: Phone Arena.

O site Chalkbeat relata que as escolas de Nova York foram convidadas a usar o Microsoft Teams em vez do Zoom para ministrar suas aulas online. Alegadamente, o aplicativo é proibido nas escolas públicas da cidade por supostas questões de segurança. As informações foram encontradas em um memorando emitido pelo Departamento de Educação de Nova York (DOE), que parece não ser mais a favor do uso do Zoom. Dessa maneira, a orientação indica que as escolas precisam fazer a transição para o Microsoft Teams o mais rápido possível.

Zoom será banido nas escolas de Nova York

Além disso, funcionários do departamento disseram que as plataformas do Google para videoconferência e áudio com os alunos também são seguras o suficiente, apesar dos conselhos iniciais do departamento contra isso.

No momento, não há um prazo específico para as escolas fazerem a transição para o Microsoft Teams, e o DOE diz que estão trabalhando em uma transição gradual e sem estresse. No entanto, alguns representantes de escolas não se sentem à vontade com a situação, afirmando que a mudança será difícil de implementar para professores e alunos e pode até limitar o acesso de alguns alunos ao aprendizado remoto.

Aplicativo de videoconferência Zoom será banido nas escolas de Nova York por questões de segurança
Durante a quarentena do coronavírus, aplicativos de videoconferência, como o Zoom, vêm ganhando popularidade como meio de comunicação para as pessoas, trabalhando ou estudando remotamente. Infelizmente para a empresa, no entanto, ela tem lutado com alguns problemas de privacidade e está sob escrutínio nas últimas semanas. Imagem: Reprodução | The Next Web.

Danielle Filson, porta-voz do NYC DOE, afirmou que atualmente o departamento está treinando escolas para o uso do Microsoft Teams. Ela acrescentou que apoiará professores e alunos na transição.

Por fim, o memorando também afirmou que o Departamento de Educação continuará monitorando o aplicativo Zoom. Ainda mais, ele poderá mudar sua posição se o aplicativo for considerado seguro o suficiente para ser permitido novamente.

Fonte: Phone Arena

Escrito por Leonardo Santana

Profissional da área de manutenção e redes, astrônomo amador, eletrotécnico e apaixonado por TI desde o século passado.

Google Notícias ganha um hub dedicado à COVID-19

Google Notícias ganha um hub dedicado à COVID-19

As velocidades do 5G são ótimas, mas elas têm um custo

As velocidades do 5G são ótimas, mas elas têm um custo