Apple ameaça remover Twitter dos iPhones

Elon Musk que expôs a ameça da Apple de tirar a rede social dos dispositivos da empresa

Jardeson Márcio
3 minutos de leitura

Elon Musk alega que o Twitter foi ameaçado pela Apple em relação à remoção do aplicativo da loja de aplicativos do iOS. Isso seria terrível para a empresa que o bilionário acabou de comprar.

O CEO do Twitter alegou que a gigante da tecnologia está ameaçando impedir que os usuários do iPhone usem o aplicativo do Twitter. E acusou a Apple de “censura”.

Eles não gostam da liberdade de expressão americana? Ele teria feito essa declaração em conexão com seu desejo frequentemente expresso. Para promover sua visão de liberdade de expressão na plataforma.

O empresário também aproveitou a ocasião para criticar publicamente Tim Cook. E a taxa de transação de 30% que a Apple cobra dos grandes desenvolvedores de aplicativos para estar em sua loja de aplicativos. O novo líder do Twitter já havia criticado a comissão da App Store.

Seria possível a Apple banir o Twitter da App Store?

apple-ameaca-remover-twitter-dos-iphones
Imagem: GSMArena

Elon Musk também menciona que “a Apple também ameaçou remover o Twitter de sua App Store. Mas não nos diz o porquê” em um tweet subsequente. Parece que a nova política de Elon Musk e talvez alguns de seus atos, como a anistia geral para todos os usuários anteriormente banidos, não são bem recebidos pela gigante tecnológica americana.

Em ambos os casos, o Twitter precisa da Apple para garantir que seus serviços sejam acessíveis nos mais de 1 bilhão de dispositivos iOS ativos fabricados pelo fabricante americano.

Sem a Apple, o Twitter experimentaria um declínio dramático no número de usuários que poderia acessar sua plataforma. Além disso, Elon Musk quer que o Twitter tenha 1 bilhão de usuários no futuro. Se a Apple banisse o seu aplicativo da App Store, isso poderia não acontecer.

Caso o app fosse retirado das lojas da empresa, Elon Musk está preparado para essa possibilidade e já havia afirmado que o Twitter pensaria em desenvolver seu próprio smartphone concorrente para dispositivos Apple e Android. Se o último for realmente real. Pode funcionar com a ajuda de um novo sistema operacional (OS) móvel que só funciona com a web. Uma tentativa semelhante já ocorreu por outros, como Mozilla com Firefox OS. Mas seu desenvolvimento parou em 2016.

Esperamos que os usuários do Twitter no iPhone não fiquem sem podem acessá-lo. Talvez a Apple possa ponderar sua decisão, se ela for realmente tomada, no futuro. Até lá, tudo não passa de especulação ou meras alegações.

Share This Article
Follow:
Jardeson é Mestre em Tecnologia Agroalimentar e Licenciado em Ciências Agrária pela Universidade Federal da Paraíba. Entusiasta no mundo tecnológico, gosta de arquitetura e design gráfico. Economia, tecnologia e atualidade são focos de suas leituras diárias. Acredita que seu dia pode ser salvo por um vídeo engraçado.