Banco Inter: banco adota medidas em meio à crise do coronavírus!

Emanuel Negromonte
5 minutos de leitura

O Banco Inter também resolveu adotar medidas para auxiliar seus clientes durante à crise do coronavírus. O Banco divulgou à poucos minutos em seu twitter uma publicação com alguns ajustes de cunho financeiros que já entraram em vigor.

Anteriormente, o Nubank também apresento uma proposta muito importante, o banco vai apagar comida, remédio e até consultar médicas para seus clientes. No entanto, o Banco Inter adotou mudanças no cenário financeiros, e são elas:

Todos os clientes do Banco Inter com cartão de crédito com limite de até 4 mil reais e que estiverem em dia com as faturas vencidas até 04/04/2020 terão um prazo maior para pagamento de suas faturas, serão até 60 dias para pagar sem cobrança de juros e outras taxas. Com isso, a regra vale para clientes pessoas físicas, jurídicas e MEI. No entanto, desde que o limite do cartão de crédito seja de até 4 mil reais.

Há também o atendimento exclusivo para idosos, será criado novos canais de atendimento por chat e telefone exclusivo para idosos. No entanto, o Banco Inter também informou que os idosos com idade superior a 60 anos também vão ser contemplados com o prazo de pagamento de fatura estendida, para estes a regra dos 60 dias também será aplicada.

O cashback do Banco Inter também sofre alteração. Todos os clientes terão cashback em dobro no Shopping do Banco, e essa mudança terá um prazo de 60 dias durante o período. Além disso, todos os correntistas PJs e MEis terão a quantidade de TED e boletos dobradas, assim no mês de abril e maio estes correntistas do Banco Inter terão 200 TEDs e boletos.

Como aderir a isenção do Banco Inter?

Para quem quer aderir as mudanças do Banco Inter durante a crise do coronavírus, saiba que será tudo de maneira automática. Então, nos meses de abril e maio tudo deve entrar em vigor, e nenhum cliente precisará assinar nada, basta aguardar.

Todas as faturas entre 05/04 e 02/06 entraram no ajuste do Banco Inter, tudo de maneira automática. Inclusive os clientes podem alterar o vencimento de suas faturas caso haja necessidade, mas vale lembrar que não haverá isenção de juros para faturas com vencimento posterior a 02/06.

As faturas do cartão de crédito do Banco Inter continuam sendo emitidas normalmente, como todos os meses. Já quem tiver parcelamento de fatura, não é compras, permanece ativo e sendo calculados normalmente, e caso fique em aberto durante o período de 05/04 e 02/06 não haverá cobrança de juros e multa.

E para quem tem acordo com o banco, que é justamente as faturas já parceladas e não pagas, aquelas que beiram e negativação, também vão receber isenção de juros e multas dentro do mesmo período já dito antes.

O limite só será liberado somente com o pagamento das contas, ainda que em atraso. O pagamento das faturas com isenção, caso você escolha em acumular fatura, saiba que ficará uma dentro da outra, com isso o prazo final para pagamento sem juros será até junho sem cobrança de juros, multa ou mora.

O Banco Inter lança essa mudança com o intuito de ajudar seus clientes a se organizar financeiramente e ganhar fôlego com as contas que estão por vir. Fique atento e programa-se, não saia de casa.

Caso você queira consultar maiores informações, consulte esta página criada pelo Banco Inter para responder todas as perguntas.

Share This Article
Follow:
Fundador do SempreUPdate. Acredita no poder do trabalho colaborativo, no GNU/Linux, Software livre e código aberto. É possível tornar tudo mais simples quando trabalhamos juntos, e tudo mais difícil quando nos separamos.