Brave lança chatbot de IA com foco na privacidade

Jardeson Márcio
3 minutos de leitura

Depois do lançamento do ChatGPT, no final do ano passado, outras IAs generativas surgiram, com nomes como Bing Chat, Google Bard e muito mais. Existem chatbots de IA mais do que suficientes para você escolher. Como se essa lista já não estivesse superlotada, a Brave está aumentando ela ao lançar seu próprio chatbot no navegador chamado Leo.

Chatbot de IA da Brave

Brave, o navegador mais conhecido por seu foco na privacidade, anunciou que está lançando um chatbot de IA nativo do navegador para todos os usuários de desktop que executam a versão 1.60 do navegador. Embora o Leo esteja sendo lançado agora, alguns terão que esperar, pois a empresa o lançará em fases nos próximos dias.

O chatbot Leo foi lançado inicialmente para testes e feedback no canal Nightly no final de agosto. A empresa disse que planeja disponibilizar o Leo para todos os usuários nos próximos meses. Então, alguns usuários ainda demorarão um pouco para conhecê-lo.

Embora o chatbot esteja disponível apenas para usuários de desktop, no momento, os usuários móveis não estão sendo deixados para trás. Brave afirma que Leo estará disponível para Android e iOS nos próximos meses.

brave-lanca-chatbot-de-ia-com-foco-na-privacidade

Chatbot Leo

Quando se trata de capacidades, o Leo será semelhante ao que você obtém de seus principais concorrentes. Você poderá traduzir, responder perguntas, resumir páginas da web e gerar novos conteúdos. A característica de destaque de Leo, entretanto, será a privacidade. A empresa afirma que “as solicitações são feitas por proxy através de um servidor anônimo”, não há necessidade de criar uma conta e as respostas são descartadas após serem geradas.

Haverá duas versões do Leo para você escolher: a versão gratuita e a versão Premium. A versão gratuita é a padrão e usa o modelo de linguagem grande (LLM) Llama 2 da Meta. Já o Leo Premium, por outro lado, usa Claude Instant da Anthropic e custará US$ 15 por mês (cerca de R$ 74,40).

A Brave afirma que disponibilizará modelos adicionais para Leo Premium, além de conceder aos usuários limites de taxas mais altos, conversas de maior qualidade, filas prioritárias e acesso a recursos de acesso antecipado.

Resta saber se a privacidade será um argumento de venda grande o suficiente para fazer com que as pessoas migrem do ChatGPT ou do Bing Chat. Há também a questão de saber se o Brave terá recursos para treinar o Llama 2 para competir com os jogadores maiores.

Via: Android Authority
Share This Article
Follow:
Jardeson é Mestre em Tecnologia Agroalimentar e Licenciado em Ciências Agrária pela Universidade Federal da Paraíba. Entusiasta no mundo tecnológico, gosta de arquitetura e design gráfico. Economia, tecnologia e atualidade são focos de suas leituras diárias. Acredita que seu dia pode ser salvo por um vídeo engraçado.