in

Brave se junta ao Internet Archive para acabar com erro 404

Agora, o navegador irá automaticamente carregar versões antigas de sites que já nem existem.

Uma grande novidade em breve fará parte do navegador Brave, baseado no Chromium (como Chrome e Edge). Ele é desenvolvido por Brendan Eich, criador do JavaScript e confundador do Firefox. Por isso mesmo, há uma proposta inovadora de gerenciar a exibição de publicidade na Web, bem como vários esforços em termos de privacidade. Portanto, o navegador Brave resolve o problema do erro 404.

Agora, além disso, pretendem colocar sobre a mesa outra nova proposta: deixar para trás erros 404 (e outros), pelo menos em relação aos causados pelo desaparecimento de artigos e sites ao longo dos anos.

Brave se junta ao Internet Archive para acabar com erro 404

Brave se junta ao Internet Archive para acabar com erro 404

Em vez disso, o navegador começará a oferecer cópias arquivadas das versões antigas desses sites. Isso será possível, é claro, graças à colaboração com o Internet Archive, cuja ferramenta Wayback Machine armazena instantâneos de um número constantemente crescente (já contado por bilhões) de páginas da web.

Se você usa outro navegador, também pode usar esse recurso

Brave se junta ao Internet Archive para acabar com erro 404

Infelizmente, o número de conteúdos da Web que desapareceu ao longo do tempo desde a criação da World Wide Web é muito maior, o que geralmente faz com que nossas sessões de navegação, pulando de link em link, terminem em becos sem saída.

A funcionalidade que o Brave e o Internet Archive desejam incorporar como padrão no navegador a partir da versão 1.4 permitiria que o usuário tivesse a opção de ser redirecionado para a cópia do referido site hospedado no Wayback Machine.

Eles mesmos explicam:

Por padrão, o [Brave] agora oferece aos usuários a opção de acesso com um clique a versões arquivadas de páginas da Web que, de outra forma, não estariam disponíveis. Especificamente, [o novo recurso] verifica 14 códigos de erro HTTP, além do 404 (página não encontrada): 408, 410, 451, 500, 502, 503, 504, 509, 520, 521, 523, 524, 525 e 526.

O comportamento dessa nova funcionalidade poderá aparecer normalmente para você caso seja um usuário da extensão Wayback Machine. Essa extensão está presente nos navegadores Chrome, Firefox e Safari (assim como para todos os navegadores baseados nelas). Portanto, o que o Brave fez agora não foi mas do que integrar o código dessa extensão no próprio navegador.

Genbeta