in

Casos de coronavirus atrasam desenvolvimento do Deepin v20

Casos da doença assustam e matam em Wuhan, cidade sede do Deepin

Confirmado: epidemia de coronavírus atrasa lançamento do Deepin 20

O surto de coronavirus que se espalhou da China para outros países do continente asiático afetou também o mundo Linux. São milhares de infectados e centenas de morte registradas até o momento. O número exato é desconhecido. Porém, sabe-se que um dos locais mais afetados fica exatamente na cidade de Wuhan, uma das sedes que reúne desenvolvedores do Deepin. A doença já afetou significativamente os trabalhos e podem atrasar o lançamento tanto do Deepin v20 quanto da versão para empresas UOS 20. Sendo assim, o Deepin v20 pode ser atrasado por causa do coronavirus.

O novo vírus ataca o sistema respiratório e se espalhou a partir da região de Wuhan, na China.

Recentemente, após muitas especulações, foi confirmado que a nova distro UOS não vai substituir o Deepin a partir da versão 20. A novidade foi confirmada pelo administrador de desenvolvimento da Wuhan Deepin Technology Co., Ltd, Hualet Wang. Portanto, a distro Deepin v20 e a estreante UOS 20 terão público totalmente diferente.

Casos de coronavirus atrasam desenvolvimento do Deepin v20

Casos de coronavirus atrasam desenvolvimento do Deepin v20

Segundo um contato feito recentemente com integrantes da equipe, muitos escaparam da infecção porque viajaram durante as comemorações do Ano Novo chinês. Estima-se que cerca de 5 milhões de pessoas tenham fugido de Wuhan antes de ser decretada quarentena, o que pode espalhar ainda mais o vírus. Cientistas dizem que a infecção ocorre antes mesmo dos primeiros sintomas serem manifestados.

Na cidade, os transportes públicos foram suspensos. O desenvolvimento do Deepin também parou, apesar de ser realizado em outras sedes que ficam em Pequim e Xangai. No entanto, essas duas cidades também foram afetadas.

O coronavirus se espalha rapidamente por lá, com vítimas sendo recolhidas no chão de ruas e pisos do metrô, como se pode ver no vídeo a seguir.

Em Wuhan, na China, as pessoas caem mortas em diversos locais da cidade. Lembrando: também ocorreu a mesma coisa com a gripe espanhola, no início do século 20, afirma o médico Fernando Ortiz, que publicou um vídeo assustador no Twitter.

A expectativa, caso o surto do vírus seja controlado, é que tudo seja totalmente normalizado em até 15 dias. A doença também já foi registrada em outros países como em Estados Unidos, França, Vietnã, Malásia, Tailândia, Taiwan, Coreia do Sul, Japão e Autralia.

Nas Filipinas, uma criança brasileira está internada com suspeita da doença. Nos Estados Unidos, cinco casos já foram confirmados.

Não existe tratamento específico para infecções causadas por coronavírus humano. Repouso e consumo de bastante água, além de remédios para aliviar os sintomas, conforme cada caso, são as primeiras indicações. É o caso do uso de medicamento para dor e febre (antitérmicos e analgésicos).

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Linux 5.6 recebe primeira atualização e está pronto para adoção em massa

Linux 5.5 lançado com muitas melhorias no suporte de hardware

Kubuntu Focus lança novo modelo de laptop com KDE custando US$ 1.795

Kubuntu Focus lança novo laptop com KDE custando US$ 1.795