in

ChromeOS com aplicações Linux e Android, vale a pena?

Aplicações Linux rodando diretamente no ChromeOS, melhorias de desempenho e adição de ambiente Linux para desenvolvimento.

Já faz um tempo desde que ouvimos sobre aplicações Linux rodando diretamente no ChromeOS. Porém, em que pé está o desempenho dessas aplicações no ecossistema da Google? Vale a pena ter o ChromeOS com aplicações Linux e Android?

Bom, as primeiras tentativas não mostravam algo empolgante, especialmente pelo baixo desempenho. Além disso, muitas vezes artefatos em algumas aplicações como Inkscape. 

O calcanhar de Aquiles do ChromeOS sempre foi o número limitado de aplicações e sua dependência com a Internet.

No entanto, a Google veio trabalhando fortemente nestes últimos anos melhorar o seu sistema, adequando sua interface para um ambiente convergente Tablet/Desktop. A empresa adicionou o suporte a aplicações Android e possibilitou que aplicações PWA agora tomassem maior espaço no ecossistema. 

Mas bom, nem tudo são flores, não é mesmo?

Apesar dos esforços o seu novo Tablet o Pixel Slate está longe de ser um competidor de peso para seu principal concorrente, o iPad Pro, além de possuir um desempenho fatidicamente pobre em configurações com Intel Celeron. 

Também não posso deixar de citar que sua visão multi-tarefa ainda está por melhorar, para não dizer deixando a desejar. Assim, vemos lentidões nas animações e às vezes pequenos “travamentos” quando utilizado o modo split-view

Nosso amigo Dieter Bohn pode elucidar um pouco dessas questões no seu review sobre o Pixel Slate: 

Além de todas as críticas listadas acima temos um problema. Não faz sentido algum para um desenvolvedor investir US$ 999 ou mais em um dispositivo que se propõe a  “substituir seu laptop” sem a possibilidade de desenvolver no mesmo. 

Vale a pena investir no ChromeOS?

'Linux para Chromebooks' pode permitir escolha de distro

Certamente gastamos muito mais em dispositivos Android e iOS simplesmente para desenvolvermos para estas plataformas, certo? Mas bom, decerto já esperamos a impossibilidade de abrir o Android Studio dentro do Smartphone ou o XCode dentro do iPhone/iPad. 

O problema é, novamente, a proposta e o seu preço que não é nada barato! Pois bem. A novidade sobre essa questão, meu amigo desenvolvedor, é que agora você irá poder desenvolver para o ChromeOS diretamente nele.

Mas calma! As boas notícias (sim, esta matéria irá cobrir esse lado também!) é que você poderá desenvolver para Android e ver o comportamento da sua aplicação nativamente no sistema! 

Como apresentando na Google I/O 2019, aplicações como Visual Studio, Firefox, Epiphany entre outras podem agora ser executadas de maneira satisfatória. Além de uma interface Linux no terminal, pra que você possa desenvolver com o conforto e familiaridade que já está habituado! 

Mas gostaria de alertar, assim como dispositivo oficial da Google (Pixel Slate) com Intel Pentiuns não são a melhor experiência. Portanto, não espere abrir o VS Code e mais 10 abas e containers e não enfrentar verdadeiras dores de cabeça em seu Chromebook de 2GB de RAM! 

Dito isto, fico por aqui e até o nosso próximo encontro! Não deixe de participar de nosso grupo no Telegram: @sitesempreupdate.

Escrito por Edgar

Quem sou eu? Uma pessoa em constante mudança, buscando novas maneiras de pensar e transformar a interação humana com o mundo a sua volta, em resumo, sou um UX Designer em Portugal.

Na minha vida profissional, implementei soluções criativas para algumas brandings Brasileiras, Americanas (USA) e Europeias (Continente).