Categorias

Android

Games

Notícias

Tutoriais Linux

Vídeos

Tutoriais Linux

14/10/2016 às 05:44

5 min leitura

Avatar Autor
Por Emanuel Negromonte

Como acessar partição criptografada e recuperar seus arquivos!

Quem nunca passou por algum problema com partições criptografas ou até mesmo as senhas que esquecemos. Nesta dica saiba como acessar partição criptografada e recuperar seus arquivos. Bom, agora nós vamos por a mão na massa e acessar a partição de uma vez e recuperar os arquivos.Vamos entrar em modo root para que possamos executar todos os passos, para isso execute o comando abaixo.

sudo su
Digite a senha de root para logar-se.

Agora vamos montar a partição:
Se você não sabe a partição, deverá listar as partições disponíveis no(s) hd(s),  para isso digite:

fdisk -l

No próprio terminal você vai ter o seguinte retorno: 

Disk /dev/sda: 500.1 GB, 500107862016 bytes
255 heads, 63 sectors/track, 60801 cylinders, total 976773168 sectors
Units = setores of 1 * 512 = 512 bytes
Sector size (logical/physical): 512 bytes / 512 bytes
I/O size (minimum/optimal): 512 bytes / 512 bytes
Disk identifier: 0x000736c1
Dispositivo Boot      Start         End      Blocks   Id  System
/dev/sda1   *        2048    19531775     9764864   83  Linux
/dev/sda2        19533822   976771071   478618625    5  Estendida
/dev/sda5        19533824    27566079     4016128   82  Linux swap / Solaris
/dev/sda6        27568128   976771071   474601472   83  Linux

Monte a partição em que a pasta /home se encontra. No meu caso em /dev/sda6:

mkdir /media/hd
mount /dev/sda6 media/hd

Agora precisamos acessar o wrap-passphrase:

Acesse o diretório .ecryptfs dentro de sua /home.

Veja como:

cd /media/hd/home/.ecryptfs/seunome/.ecryptfs

Depois que você entrar no diretório execute os seguintes comandos:

ecryptfs-unwrap-passphrase wrapped-passphrase
Passphrase: (digite sua senha de login do sistema antigo)

Feito isto ele exibirá uma chave bem grande do tipo:

10u4563r47389a73648hi538d47302rt56

É preciso que você anote em algum lugar de sua escolha esse código alfanumérico:
Agora vamos precisar registrar as chaves no sistema:
Para registrar execute o seguintes comando:

ecryptfs-add-passphrase --fnek
Passphrase: (Digite agora a chave alfanumérica que você anotou)

Em seguida você terá como retorno a seguinte mensagem:

Inserted auth tok with sig [xxxxxxxxxxxxxxxxxx] into the user session keyring
 Inserted auth tok with sig [yyyyyyyyyyyyyyyyyy] into the user session keyring
Tome nota da segunda chave yyyyyyyyyyyyyyyy.
Agora vamos montar a pasta encriptada:

Vamos criar um diretório para a pasta a ser montada com sua /home desencriptada:

mkdir /media/arquivos

Para isso monte com o comando:

mount -t ecryptfs /media/hd/home/.ecryptfs/seunome/.Private /media/arquivos

Passphrase: (Digite a chave gigante que anotamos anteriormente, não é a do yyyyyyyyyyyyyyyyyyyy)

Select cipher:
1) aes: blocksize = 16; min keysize = 16; max keysize = 32 (not loaded)
2) blowfish: blocksize = 16; min keysize = 16; max keysize = 56 (not loaded)
3) des3_ede: blocksize = 8; min keysize = 24; max keysize = 24 (not loaded)
4) twofish: blocksize = 16; min keysize = 16; max keysize = 32 (not loaded)
5) cast6: blocksize = 16; min keysize = 16; max keysize = 32 (not loaded)
6) cast5: blocksize = 8; min keysize = 5; max keysize = 16 (not loaded)
Selection [aes]: (Pressione enter)
Select key bytes:
1) 16
2) 32
3) 24
Selection [16]: (Pressione enter)
Enable plaintext passthrough (y/n) [n]: (Pressione enter)
Enable filename encryption (y/n) [n]: y
Filename Encryption Key (FNEK) Signature [xxxxxxxxxxxxxxx]: YYYYYYYYYYYYYY
WARNING: … … … ..
Would you like to proceed with the mount (yes/no)?: yes
Would you like to append … … warning in the future(yes/no)?: yes
Se tudo ocorreu bem aparecerá:
Successfully appended new sig to user sig cache file
Mounted eCryptfs

E por fim acesse os seus dados:
Abra o diretório:

cd /media/arquivos
ls

Fundador do SempreUPdate. Acredita no poder do trabalho colaborativo, no GNU/Linux, Software livre e código aberto. É possível tornar tudo mais simples quando trabalhamos juntos, e tudo mais difícil quando nos separamos.

Últimos artigos

Newsletter

Receba nossas atualizações!

Newsletter

Receba nossas atualizações!
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.