Tutoriais

21/10/2021 às 06:00

16 min leitura

Avatar Autor
Por Jardeson Márcio

Como instalar o Glyphtracer, um conversor de imagem de letras em fonte, no Ubuntu, Fedora, Debian e openSUSE!

Converta imagens de letras em uma fonte

Como instalar o Glyphtracer, um conversor de imagem de letras em fonte, no Ubuntu, Fedora, Debian e openSUSE!

Glyphtracer tira uma imagem que contém fotos de várias letras. Ele reconhece todos eles e permite que o usuário marque cada letra como Unicode. Em seguida, ele converte as imagens para a forma vetorial e as grava em um formato de dados do FontForge. A fonte pode então ser finalizada com FontForge. Neste tutorial, saiba como instalar o conversor Glyphtracer no Linux, usando pacotes Flatpak.


O Glyphtracer processa apenas imagens de 1 bit, mas podem estar em qualquer formato compreendido pelo Qt. O reconhecimento de letras é baseado em espaços em branco. Assim, cada linha deve ser separada de outras linhas por uma faixa horizontal contínua de branco. Tomando por base isso, você conseguirá a conversão das imagens das letras em fontes.

Instalando o conversor Glyphtracer no Ubuntu e derivados!

como-instalar-o-glyphtracer-um-conversor-de-imagem-de-letras-em-fonte-no-ubuntu-fedora-debian-e-opensuse

Para instalar o Glyphtracer no Ubuntu, execute o comando abaixo. Vale lembrar que neste processo de instalação, vamos utilizar um pacote Flatpak, então caso você já tenha instalado e ativado o Flatpak no Ubuntu ou Linux Mint, pode pular para o Passo 4.

Passo 1 – Instalar e ativar o suporte ao Flatpak no Ubuntu, Linux Mint e derivados:

Terminal
sudo apt install flatpak

Passo 2 – Agora, vamos adicionar o repositório Flathub, que é onde vamos baixar e instalar o Glyphtracer para seguir com o processo de instalação no Ubuntu, Linux Mint ou derivados:

Terminal
flatpak remote-add --if-not-exists flathub https://flathub.org/repo/flathub.flatpakrepo

Passo 3- Agora, precisamos reiniciar o sistema, em seguida, volte neste tutorial e prossiga com a instalação! Para reiniciar você pode utilizar o botão padrão do seu ambiente, ou execute o comando abaixo:

Terminal
sudo reboot

Passo 4 – Execute o comando de instalação do Glyphtracer no Ubuntu, Linux Mint e derivados:

Terminal
flatpak install flathub com.github.jpakkane.glyphtracer

Passo 5 – Comando para executar a aplicação:

Terminal
flatpak run com.github.jpakkane.glyphtracer

Instalando o conversor Glyphtracer no Fedora e derivados!

Para instalar o Glyphtracer no Fedora, execute os comandos abaixo. Lembrando que o Fedora já vem som suporte ao Flatpak habilitado, então basta executar os comandos abaixo:

Passo 1 – Execute o comando de instalação do Glyphtracer no Fedora:

Terminal
flatpak install flathub com.github.jpakkane.glyphtracer

Passo 2 – Comando para executar a aplicação:

Terminal
flatpak run com.github.jpakkane.glyphtracer

Instalando o Glyphtracer no Debian e derivados!

Para instalar o Glyphtracer no Debian, execute os comandos abaixo. Caso você já tenha o Flatpak ativado e habilitado no seu Debian, pule para o passo 4, que seria da instalação:

Passo 1 – Instalar o suporte ao Flatpak no Debian:

Terminal
apt update
apt install flatpak

Passo 2 – Vamos adicionar o repositório do Flathub:

Terminal
flatpak remote-add --if-not-exists flathub https://flathub.org/repo/flathub.flatpakrepo

Passo 3 – Reinicie o sistema, você pode fazer isso manualmente utilizando o botão do seu ambiente ou o comando abaixo:

Terminal
reboot

Passo 4 – E agora, vamos executar o comando para instalar o Glyphtracer no Debian ou derivados. Observe que o comando abaixo está com o sudo, caso você não o tenha habilitado, remova o sudo e instalar usando o ROOT mesmo:

Terminal
flatpak install flathub com.github.jpakkane.glyphtracer

Passo 5 – Comando para executar a aplicação:

Terminal
flatpak run com.github.jpakkane.glyphtracer

Instalando o Glyphtracer no openSUSE e derivados!

Para instalar o Glyphtracer no openSUSE, execute os comandos abaixo. Vamos utilizar um repositório. Caso você já tenha o suporte ao Flatpak instalado e habilitado no openSUSE, pule para o passo 4:

Passo 1 – Instalar o Flatpak

Terminal
sudo zypper install flatpak

Passo 2 – Agora, vamos adicionar o repositório Flathub:

Terminal
flatpak remote-add --if-not-exists flathub https://flathub.org/repo/flathub.flatpakrepo

Passo 3 – Vamos reiniciar, faça isso usando o botão de reiniciar do seu ambiente ou o comando abaixo:

Terminal
sudo reboot

Passo 4 – Execute o comando de instalação do Glyphtracer no OpenSUSE:

Terminal
flatpak install flathub com.github.jpakkane.glyphtracer

Passo 5 – Comando para executar o Glyphtracer

Terminal
flatpak run com.github.jpakkane.glyphtracer

É isso, esperamos ter ajudado você a instalar o Glyphtracer no Linux!

Jardeson é Mestre em Tecnologia Agroalimentar e Licenciado em Ciências Agrária pela Universidade Federal da Paraíba. Entusiasta no mundo tecnológico, gosta de arquitetura e design gráfico. Economia, tecnologia e atualidade são focos de suas leituras diárias. Acredita que seu dia pode ser salvo por um vídeo engraçado.

Últimos artigos

Newsletter

Receba nossas atualizações!

Newsletter

Receba nossas atualizações!
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.