in

Como instalar o Google Web Designer no Ubuntu, Debian, Fedora ou openSUSE

Ideal para quem desenvolve em HTML 5 e precisa de um editor de responsabilidade, saiba como instalar o Google Web Designer no Linux

Instalar o Google Web Designer no Ubuntu, Debian, Fedora ou openSUSE pode ser uma boa solução para quem é desenvolvedor e precisar criar designs envolventes e interativos em HTML5 como também gráficos em movimento que podem ser executados em qualquer dispositivo, esse é o foco do Google Web Designer que como o nome já sugere, é mantido pelo Google.

como-instalar-o-google-web-designer-no-ubuntu-debian-fedora-ou-opensuse

O foco do aplicativo é que sua ideia seja vista em qualquer tela sem qualquer problema de compatibilidade. Com isso você poderá trabalhar no seu código HTML 5 e CSS3 enquanto o Google Web Designer faz todo o resto para você, a ideia é mesmo facilitar. Mas, vamos deixar a filosofia por aqui e seguir com a dica de como instalar o Google Web Designer no Ubuntu, Debian, Fedora ou openSUSE.

Como instalar o Google Web Designer no Ubuntu, Debian, Fedora ou openSUSE

Agora chegou a melhor parte, você vai executar poucos comandos de acordo com a sua distribuição, vamos começar mostrando como instalar o Google Web Designer no Ubuntu ou Debian e todas as derivações.

Se você quiser, pode verificar se a versão abaixo é a mais recente, basta visitar o site do projeto através do botão abaixo!

Site do Google Web Designer

Para instalar o Google Web Designer no Ubuntu, Debian e derivados com arquitetura de 32 bits, execute o comando abaixo:

wget https://dl.google.com/linux/direct/google-webdesigner_current_i386.deb -O google-webdesigner.deb

Para instalar o Google Web Designer no Ubuntu, Debian e derivados com arquitetura de 64 bits, execute o comando abaixo:

wget https://dl.google.com/linux/direct/google-webdesigner_current_amd64.deb -O google-webdesigner.deb
Por fim, vamos então ao processo de instalação. Observe que usamos o link original acima e mudamos o nome do pacote usando o parâmetro -O e o nome desejado.

Agora, instale o programa baixado com o comando abaixo:

sudo dpkg -i google-webdesigner.deb

Para concluir, vamos verificar se todas as dependências estão presentes, para isso execute o comando abaixo:

sudo apt-get install -f

Agora, caso você não tenha gostado do Google Web Designer, o que eu acho muito difícil de acontecer, mas é possível, execute o comando abaixo para desinstalar:

 sudo apt remove google-webdesigner*

Como instalar o Google Web Designer no Fedora ou openSUSE

Agora, chegou a hora dos pacotes RPM, neste artigo você verá como instalar o Google Web Designer no Fedora ou openSUSE. Para isso execute os comandos abaixo de acordo com a sua arquitetura.

Agora vamos precisar baixar o Google Web Designer no Fedora ou openSUSE de 32 bits, execute os comandos abaixo:

wget https://dl.google.com/linux/direct/google-webdesigner_current_i386.rpm -O google-webdesigner.rpm

Agora vamos baixar o Google Web Designer de 64 bits para o Fedora ou openSUSE:

wget https://dl.google.com/linux/direct/google-webdesigner_current_x86_64.rpm -O google-webdesigner.rpm

Agora que já baixamos, vamos instalar o arquivo RPM baixado localmente, para isso execute o comando abaixo:

Para openSUSE e derivados:

sudo zypper install google-webdesigner.rpm

Para família Red Hat como Fedora e seus derivados, execute o comando abaixo:

sudo dnf install google-webdesigner.rpm

Se estiver usando CentOS:

sudo yum localinstall google-webdesigner.rpm

Se você quer instalar o Google Web Designer no Mageia, openMandriva e outras derivações não citadas acima, você pode executar o comando abaixo:

sudo rpm -i google-webdesigner.rpm

E por último, caso você queira desinstalar o Google Web Designer da sua distribuição que usa RPM, execute o comando abaixo:

sudo rpm -e google-webdesigner*
Na na dica de hoje vimos como instalar o Google Web Designer no Ubuntu, Debian, Fedora, openSUSE, esperamos ter ajudado!

Written by Emanuel Negromonte

Fundador do SempreUPdate. Acredita no poder do trabalho colaborativo, no GNU/Linux, Software livre e código aberto. É possível tornar tudo mais simples quando trabalhamos juntos, e tudo mais difícil quando nos separamos.

Como adicionar uma barra de tarefas no Ubuntu/12.04/Ubuntu 14.04/Ubuntu16.04

Tema de ícones do Ubuntu abrange mais aplicativos

O que fazer depois de instalar o Ubuntu ? Conheça o Ubuntu After Install, saiba como instalar