Como instalar o Miro, um quadro de ideias, no Ubuntu, Linux Mint, Fedora, Debian

Jardeson Márcio
4 minutos de leitura

O Miro é uma plataforma de quadro branco colaborativo online para reunir equipes, a qualquer hora e em qualquer lugar. Com ele, é possível montar uma estrutura de ideias, compartilhadas por todos. Saiba como instalar o quadro branco Miro no Linux.

Ideação e Brainstorming: Construa e desenvolva ideias com equipes distribuídas como se você estivesse na mesma sala, em qualquer lugar, a qualquer hora.

Pesquisa e design: Co-crie e alinhe-se com as partes interessadas multifuncionais em um quadro branco colaborativo online.

Fluxos de trabalho ágeis: Turbine seu processo ágil com retrospectivas colaborativas, planejamento de sprint e quadros de agrupamento.

Estratégia e planejamento: Fique por dentro dos projetos distribuídos com um quadro branco online para planejar, coordenar e discutir.

Mapeamento e diagramação: Explique processos e sistemas complexos com mapeamento e diagramação visual.

Uma ferramenta essencial para qualquer equipe de trabalho que, principalmente depois da pandemia da COVID-19, precisou de encontrar de forma online, para a continuidade dos seus trabalhos e projetos. Então, não perca mais tempo e tenha essa ferramenta incrível agora mesmo no seu computador.

Siga o tutorial abaixo e instale agora mesmo o Miro no seu Linux!

como-instalar-o-miro-um-quadro-de-ideias-no-ubuntu-linux-mint-fedora-debian

Instalando o Miro no Ubuntu, Kubuntu, Xubuntu e derivados!

Para instalar o Miro no Ubuntu Linux. Inclusive você também pode instalar o Miro no Linux Mint sem nenhum problema execute o comando abaixo:

sudo snap install miro –edge

Instalando o quadro branco Miro no Fedora e derivados!

Para instalar o Miro no Fedora, execute os comandos abaixo. Lembrando que caso você já tenha o suporte ao Snap habilitado no Fedora, pule para o passo 3, o de instalação do pacote:

Passo 1 – Instalar o Snapd:

sudo dnf install snapd

Após executar o comando acima, lembre-se encerrar a sessão ou reiniciar o computador! Em seguida, vamos criar um link simbólico para ativar o suporte ao Snap clássico:

Passo 2 – Criar link simbólico:

sudo ln -s /var/lib/snapd/snap /snap

E agora, vamos executar o comando para instalar o Miro no Fedora ou derivados:

Passo 3 – Agora vamos executar o comando para instalar o Miro no Fedora ou derivados:

sudo snap install miro –edge

Instalando o Miro no Debian e derivados!

Para instalar o Miro no Debian, execute os comandos abaixo. Caso você já tenha  Snap ativado e habilitado no seu Debian, pule para o passo 2, que seria da instalação:

Passo 1 – Atualizar os repositório e instalar o Snapd:

apt update
apt install snapd

E agora, vamos executar o comando para instalar o Miro no Debian ou derivados. Observe que o comando abaixo está com o sudo, caso você não o tenha habilitado, remova o sudo e instalar usando o ROOT mesmo:

Passo 2 – Agora vamos executar o comando para instalar o Miro no Debian e derivados:

sudo snap install miro –edge

É isso, esperamos ter ajudado você a instalar o Miro no Linux!

Share This Article
Follow:
Jardeson é Mestre em Tecnologia Agroalimentar e Licenciado em Ciências Agrária pela Universidade Federal da Paraíba. Entusiasta no mundo tecnológico, gosta de arquitetura e design gráfico. Economia, tecnologia e atualidade são focos de suas leituras diárias. Acredita que seu dia pode ser salvo por um vídeo engraçado.