Hoje é:08/03/2021
como-instalar-o-rubymine-uma-ide-inteligente-no-ubuntu-linux-mint-fedora-debian

Como instalar o RubyMine, uma IDE inteligente, no Ubuntu, Linux Mint, Fedora, Debian

O RubyMine é um ambiente de desenvolvimento Ruby and Rails dedicado. O IDE fornece uma ampla gama de ferramentas essenciais para desenvolvedores Ruby, totalmente integradas para criar um ambiente conveniente para o desenvolvimento Ruby produtivo e desenvolvimento Web com Ruby on Rails. Saiba como instalar o RubyMine no Linux.

Com o RubyMine você é capaz de produzir código de alta qualidade de uma forma mais eficiente. Essa eficiência é graças ao suporte de alto nível para Ruby e Rails, JavaScript e CoffeeScript, ERB e HAML, CSS, Sass e Less e muito mais.

Além disso, a ferramenta te possibilita aproveitar o realce de erros e sintaxe com reconhecimento específico da linguagem, formatação de código, preenchimento de código e documentação rápida. E você ainda conta com uma pesquisa inteligente para acessar qualquer classe, arquivo ou símbolo ou até mesmo qualquer ação ou janela de ferramenta do IDE.

Aproveite a navegação super rápida no seu projeto Rails com uma exibição de projeto baseada em MVC e diagramas dependências de modelos, classes e gems. Apesar de ser uma plataforma paga, você conta com 30 dias gratuitamente para testar a ferramenta.

RubyMine está disponível para uma avaliação gratuita. No entanto, depois de usar a ferramenta, certamente vai querer continuar usando. Instale-a agora mesmo e comece o teste!

como-instalar-o-rubymine-uma-ide-inteligente-no-ubuntu-linux-mint-fedora-debian

Instalando o RubyMine no Ubuntu, Kubuntu, Xubuntu e derivados!

Para instalar o RubyMine no Ubuntu Linux. Inclusive você também pode instalar o RubyMine no Linux Mint sem nenhum problema execute o comando abaixo:

sudo snap install rubymine --classic

Instalando o RubyMine no Fedora e derivados!

Para instalar o RubyMine no Fedora, execute os comandos abaixo. Lembrando que caso você já tenha o suporte ao Snap habilitado no Fedora, pule para o passo 3, o de instalação do pacote:

Passo 1 – Instalar o Snapd:

sudo dnf install snapd

Após executar o comando acima, lembre-se encerrar a sessão ou reiniciar o computador! Em seguida, vamos criar um link simbólico para ativar o suporte ao Snap clássico:

Passo 2 – Criar link simbólico:

sudo ln -s /var/lib/snapd/snap /snap

E agora, vamos executar o comando para instalar o RubyMine no Fedora ou derivados:

Passo 3 – Agora vamos executar o comando para instalar o RubyMine no Fedora ou derivados:

sudo snap install rubymine --classic

Instalando o RubyMine no Debian e derivados!

Para instalar o RubyMine no Debian, execute os comandos abaixo. Caso você já tenha  Snap ativado e habilitado no seu Debian, pule para o passo 2, que seria da instalação:

Passo 1 – Atualizar os repositório e instalar o Snapd:

apt update
apt install snapd

E agora, vamos executar o comando para instalar o RubyMine no Debian ou derivados. Observe que o comando abaixo está com o sudo, caso você não o tenha habilitado, remova o sudo e instalar usando o ROOT mesmo:

Passo 2 – Agora vamos executar o comando para instalar o RubyMine no Debian e derivados:

sudo snap install rubymine --classic

É isso, esperamos ter ajudado você a instalar o RubyMine no Linux!

Jardeson é Mestre em Tecnologia Agroalimentar e Licenciado em Ciências Agrária pela Universidade Federal da Paraíba. Atualmente é professor substituto na mesma Instituição e assessora a Secretaria de Planejamento, Orçamento e Meio Ambiente de sua cidade. Entusiasta no mundo tecnológico, gosta de arquitetura e design gráfico. Economia, tecnologia e atualidade são focos de suas leituras diárias. Acredita que seu dia pode ser salvo por um vídeo engraçado.

Continue in browser
To install tap Add to Home Screen
Add to Home Screen
To install tap
and choose
Add to Home Screen
Continue in browser
To install tap
and choose
Add to Home Screen
Continue in browser
Continue in browser
To install tap
and choose
Add to Home Screen
See this post in...
Como instalar o RubyMine, uma IDE inteligente, no Ubuntu, Linux Mint, Fedora, Debian
Safari