in

Como reiniciar uma sessão congelada no GNOME Shell

Confira alguns métodos para resolver o problema de sessão bloqueada no GNOME Shell.

Gnome 3.34 prepara festa de lançamento

Hoje, muitas pessoas estão usando o Ubuntu com GNOME Shell porque ele é confiável, fácil de usar e está ficando mais rápido, mas todo ambiente gráfico tem seu problema. No entanto, vamos mostrar como reiniciar uma sessão congelada no GNOME, caso você se depare com esse problema.

Talvez, o problema mais debilitante que o GNOME sofra é uma sessão de usuário congelada, coisinha chata que ninguém gosta.

Como reiniciar uma sessão congelada no GNOME Shell

Método 1: reiniciar o X11

O GNOME Shell possui uma função de redefinição integrada. Os usuários podem executá-la para reiniciar um desktop congelado. A única desvantagem é que isso não funciona com o Wayland, então temos que usar o “Xorg” para fazê-lo funcionar.

Para reiniciar a sessão do GNOME Shell enquanto tudo estiver congelado, começaremos pressionando a combinação de teclas Alt+F2. Isso fará com que apareça uma janela na qual podemos escrever comandos.

Nesta janela, só temos que digitar “r”. Este comando reinicia principalmente a sessão sem fechá-la.

Isso nós poderemos fazer quantas vezes quisermos, caso uma única reinicialização não resolva o problema.

Método 2: reiniciar o Wayland

Se você estiver usando o GNOME com Wayland, perceberá um bom desempenho, mas, apesar disso, bloqueios de sessão podem ocorrer. Infelizmente, aqui a função de reset não funciona. Será necessário fazer outra coisa para recuperar o controle do equipamento.

Para reiniciar uma sessão, nesse caso não poderemos trabalhar no ambiente de desktop do GNOME. Em vez disso, teremos que usar o console TTY e forçar a reinicialização do administrador da área de trabalho que gerencia o GNOME e, assim, poder reiniciar a sessão. Para abrir o console, podemos usar as combinações de teclas Ctrl+Alt+F2 ou Ctrl+Alt+F3.

Uma vez dentro da janela do console TTY, teremos que fazer o login. Se tudo estiver correto, teremos acesso à linha de comando no modo TTY. A partir daqui, teremos que seguir as instruções passo a passo para reiniciar nossa sessão:

Passo 1: Com o comando abaixo, interromperemos a execução do gerenciador de tela do GNOME. Isso terminará automaticamente a sessão do GNOME Shell:

sudo systemctl stop gdm

Se você usa LightDM com o GNOME, em vez do comando, você terá que usar:

sudo systemctl stop lightdm

Passo 2: Ao executar o comando stop, o GDM ou LightDM irá parar de executar. A partir daqui, vamos começar de novo usando o comando start:

sudo systemctl start gdm

Para LightDM, o comando a executar seria:

sudo systemctl start lightdm

Se os comandos forem executados corretamente, devemos ver a tela de login do GNOME. De lá, podemos entrar novamente.

Método 3: usando o gnome-shell -replace

Se você já tentou os métodos anteriores do Xorg e Wayland e ainda não conseguiu resolver os problemas, ainda há uma terceira maneira de reiniciar a sessão do GNOME Shell enquanto estiver congelada.

O argumento “replace” funciona de maneira semelhante ao que fizemos com o Wayland, já que ele deve ser iniciado no terminal TTY. Vamos acessá-lo com as combinações de teclas Ctrl+Alt+F2 ou Ctrl+Alt+F3.

Provavelmente, esta solução funciona com todas as versões do GNOME Shell, incluindo Wayland.

Dentro do terminal TTY, faremos o login com o nosso usuário e seguiremos as instruções abaixo:

Primeiro vamos criar um arquivo chamado “gnome-restart” usando o comando touch:

touch gnome-restart

A próxima coisa será usar o comando echo. Com o qual vamos adicionar o código de reset ao arquivo gnome-restart, escrevendo a linha primeiro no terminal:

echo ‘#!/bin/bash’ > gnome-restart

E então, esta outra linha:

echo ‘DISPLAY=:0 gnome-shell --replace &’ >> gnome-restart

Atualizaremos as permissões do arquivo “gnome-restart” que acabamos de criar para que possamos executá-lo como um programa no terminal:

sudo chmod +x gnome-restart

A próxima coisa será mover o arquivognome-restart” para “/usr/bin/”. Com isso, obteremos o sistema para chamá-lo como um programa:

sudo mv gnome-restart /usr/bin/

A partir do terminal TTY, teremos que digitar gnome-restart para reiniciar nossa sessão congelada no GNOME Shell. Este comando também pode ser executado diretamente da área de trabalho do GNOME, pressionando Alt+F2 para abrir a janela de comando, na qual iremos escrever:

gnome-restart

Ao executar o comando com sucesso, nossa sessão já deve estar funcional novamente.

Método 4: usando o Killall

Depois de tudo o que foi dito, quando uma sessão do GNOME é bloqueada, acho que essa é a maneira mais fácil de reiniciá-la. Apenas teremos que escrever no TTY:

killall -3 gnome-shell

O comando anterior também pode ser usado como um alias no arquivo ~/.bashrc, copiando o texto abaixo e inserindo no arquivo citado:

# alias para reiniciar sessão congelada no GNOME Shell:
alias kgnome=’killall -3 gnome-shell’

Como reiniciar uma sessão congelada do GNOME Shell

Uma vez que o arquivo é salvo, quando uma sessão da área de trabalho for congelada, a partir do TTY, só teremos que escrever:

kgnome

Assim, forçaremos o fechamento da sessão bloqueada.

Enfim, estes são alguns métodos para reiniciar uma sessão congelada no GNOME Shell.

Via: Ubunlog

Written by Fabiano Rodrigues

Usuário de Linux desde o Kurumin 7; servidor público, tecnólogo em análise e desenvolvimento de sistemas, amante de software livre e de código aberto; apaixonado por jogos, louco por rock e heavy metal, filmes e seriados.

BigLinux lança nova atualização do sistema

BigLinux lança versão 19.04

Tails 4.0 iniciou versão beta baseada no Debian 10

Tails 4.0 iniciou versão beta baseada no Debian 10