in

Lançada nova versão do Qubes OS

A distro está na versão 4.0 e é focada, principalmente, na segurança.

Depois de alguns anos de trabalho, foi publicada a mais nova edição do Qubes OS, a 4.0. Este é um sistema baseado em Linux com foco na segurança, sem prejudicar a experiência do usuário.Conheça o novo Qubes OS 4.0.

Distribuição é focada em segurança

O Qubes OS torna a virtualização uma arte. Ele fornece diferentes ambientes totalmente isolados (permitindo integrar diferentes sistemas como Whonix ou Debian). No entanto, eles coexistem em um único desktop.

Para fazer isso, ele usa o hipervisor Xen e um modelo (bastante colorido) de classificação dos serviços do sistema. Isso depende do nível de segurança e das tarefas que estão sendo executadas. Assim, toda a confiança do projeto Qubes OS deriva mais da segurança do Xen que do sistema em si.

Em tese, o Xen é bem mais difícil de ser quebrado. Além disso,  o uso de um modelo diferente de máquinas virtuais dá maior segurança.

O novo Qubes OS 4.0, vem com o desktop Xfce em substituição ao KDE, com a base do Fedora.Estão incluídos o instalador Anaconda e muitas mudanças no sistema.

Qubes OS 4.0

Em destaque, a reescrita do Qubes Core Stack. Com isso, será possível estender a arquitetura do sistema. Além disso, há maior capacidade de personalização ao criar máquinas virtuais ou estabelecer políticas de utilização, além de gerenciar melhor os dispositivos externos.

Uma mudança derivada disso é a nova API de administração. Ela é responsável por gerenciar as várias relações de confiança estabelecidas no sistema. Agora, ela possui regras mais rígidas. Assim, há várias limitações sobre o que um administrador sem privilégios pode fazer.

Para fortalecer ainda mais a segurança e responder a ameaças recentes, como o Meltdown e o Specter, o modo de virtualização completo é introduzido pelo Xen. Além disso, há mudança de HVM para HPV, e outras correções mais específicas.

Esta edição inclui ainda melhorias em seu sistema de modelos – mais flexível e seguro. Isso inclui máquinas virtuais descartáveis. Assim, elas podem ser criadas para hospedar temporariamente qualquer aplicativo. Como exemplo, um navegador da Web ou um editor de texto.

Além disso, as cópias de backup agora são criptografadas por padrão, usando um utilitário chamado scrypt. Estas e outras novidades podem ser encontradas no anúncio de liberação, bem como nas notas de lançamento.Qubes OS

Requisitos mínimos de execução do Qubes OS

  • 4 GB de RAM;
  • 32 GB de espaço livre;
  • Também é recomendado o uso de SSD como sistema de armazenamento e gráficos da Intel .

O Qubes OS 4.0 pode ser baixado do site do projeto.

Atenção: não existem mais imagens live e as ISO são todas nas versões de 64 bits.
Netactview

Netactview: Um visualizador de conexões de rede para Linux

Fedy – Um programa para Iniciantes do Fedora