in

Lenovo é condenada e vai pagar 7,3 milhões de dólares por instalar adware em notebooks

A ação coletiva resultou nessa multa milionária, que na verdade é fruto de vários acordos pois o valor seria bem maior. A razão do processo é que foi comprovado que a Lenovo instalou o VisualDiscovery da Superfish em seus notebooks em 2014, no entanto, não havia nenhuma informação para o consumidor sobre o software.

O VisualDiscovery da Superfish é conheci por usar uma técnica chamada de agregação, aqueles softwares que instalam outros e quando o usuário percebe esta com o seu sistema lotado de novos softwares, e assim, o software é classificado como adware. E não é só isso, o VisualDiscovery também pode exibir anúncios em form de mensagem que confundem usuários sobre erros no sistema, estimulando assim o clique e também a instalação de programas de terceiros que são acompanhados por mais softwares não solicitados.

De acordo com um alerta da “Vulnerabilidade SuperFish” publicado pela Lenovo em seu site de suporte após a descoberta do software pré-instalado por parte dos consumidores, o software de pesquisa VisualDiscovery foi projetado para funcionar em segundo plano, interceptando o tráfego HTTP (S) com a ajuda de um certificado raiz autoassinado que permitia descriptografar e monitorar todo o tráfego, criptografado ou não.

E no mesmo comunicado, a Lenovo informa que os notebooks Lenovo afetados foram a série E, a série Edge, a série Flex, a série G, a série Miix, a série S, a série U Series, Y-Series, Yoga-Series e Z-Series. Com isso, muitos consumidores entraram com uma ação coletiva contra a Lenovo, pois além da invasão de privacidade, o software estava comprometendo o desempenho das máquinas de forma silenciosa.

Tudo indica que cerca de 800.000 notebooks da Lenovo vendidos nos EUA entre 1º de de setembro de 2014 e 28 de fevereiro de 2015 contém o VisualDiscovery instalado. E assim, a Lenovo pediu para a Superfish desativar a aplicação fraudulenta a nível de servidor.

Até agora 500.000 usuários entraram nesta ação coletiva, e em matéria de estatística, as compras destes notebooks foram feitas através da Best Buy e Amazon, e a todos estes a Lenovo deve entrar em contato para conversar sobre o assunto.

E segundo a Lenovo, caso a empresa não consiga contato com todos, é importante lembrar que será feito uma ação de marketing usando anúncios e também tentativas de contato através das redes sociais populares. Por fim, o acordo também estabelece que a Lenovo deve efetuar um pagamento de US $ 7.300.000, que será adicionado ao Fundo de Liquidação iniciado pelo pagamento de US $ 1.000.000 feito anteriormente pela Superfish.

Escrito por Emanuel Negromonte

Fundador do SempreUPdate. Acredita no poder do trabalho colaborativo, no GNU/Linux, Software livre e código aberto. É possível tornar tudo mais simples quando trabalhamos juntos, e tudo mais difícil quando nos separamos.