in

Debian e Ubuntu vão remover Python 2

Os pacotes serão removidos e podem afetar vários softwares.

Python Software Foundation anuncia a data final do suporte ao Python 2

Com o Debian 10 “Buster” correndo solto em vários computadores e o Python 2 atingindo o fim da vida no final do ano, o Debian está trabalhando em seu processo de remover pacotes do Python 2. Então, os pacottes não são portados para o Python 3. Além disso, o Ubuntu está trabalhando em ação similar para seus pacotes Python 2 não encontrados no Debian upstream. Sendo assim, Debian e Ubuntu vão remover Python 2.

O Debian 10 continuará oferecendo suporte ao Python 2. Porém, em relação ao Debian 11Bullseye” e o Ubuntu 20.04 LTS, cada distribuição está procurando, respectivamente, acabar com o suporte antigo. Portanto, a ordem é se concentrar apenas no Python 3.

Debian e Ubuntu vão remover Python 2, que será aposentado em poucos meses

Debian e Ubuntu vão remover Python 2

Com pouco mais de cinco meses até que o Python 2 seja oficialmente aposentado, eles estão trabalhando na transição de pacotes com capacidade para o uso do Python 3. Assim, o código sem nenhuma utilidade deve desaparecer completamente removido. Esta é a única alternativa capaz de atender as necessidades futuras dos projetos. Deste modo, muitos softwares serão provavelmente afetados se não realizarem a migração o quanto antes. 

Na semana passada, Matthias Klose expôs os pacotes do Ubuntu afetados pelo software dependente do Python 2 encontrado no Ubuntu, mas não no upstream do Debian. A maioria desses pacotes dependentes do Ubuntu Python 2 provavelmente será removida se não houver interesse em mantê-los e transferi-los para o Python 3.

O mesmo já está em andamento no Fedora. Da mesma forma, a mudança está prevista para 2020, com o lançamento do Fedora 32.

Via Phoronix

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

NetBSD trabalha para executar Steam.

NetBSD trabalha para executar Steam

Automação e inteligência artificial podem mudar o ambiente de trabalho

Automação e inteligência artificial podem mudar o ambiente de trabalho