in

Desenvolvedor consegue executar Windows 10 em um Raspberry Pi 4

No entanto, ainda há algumas limitações.

Desenvolvedor consegue executar Windows 10 em um Raspberry Pi 4

Que a maquininha é poderosa, ninguém duvidava. Porém, agora, um desenvolvedor acaba de anunciar que consegue executar o Windows 10 completo (e pesado) em um Raspberry Pi 4. Para quem não sabe, o sistema sempre gerou grandes expectativas e poderia, em tese, rodar em praticamente qualquer dispositivo, até mesmo no ARM, desde que sejam trabalhados para isto. Agora, portanto, é possível executar o Windows 10 esta versão pode ser executada no Raspberry Pi 4. Lembrando que o dispositivo possui sistemas baseados em Linux especialmente desenvolvidos para ele.

A informação foi publicada no site Windows Latest. Segundo o relato, um desenvolvedor conseguiu executar a versão completa do Windows 10 no Raspberry Pi 4 B, graças ao suporte do ARM.

Não é pouca coisa. Sendo assim, demostra o grande salto ocorrido entre a chegada do Raspberry Pi 4 e o Raspberry Pi 3. Tudo graças aos núcleos Cortex-A72 de alto desempenho (um pouco antigos hoje, é claro), para poder rodar em telas 4K, têm USB 3.0 e podem ser equipadas com até 4 GB de RAM.

O Windows 10 no ARM funciona muito melhor no Raspberry Pi 4, porém, de maneira limitada

Windows 10 Raspberry 4

Para usar o Windows 10 no ARM no Raspberry Pi 4, o desenvolvedor @ marcinoo97 usou a ferramenta que já estava disponível para o 3, WoA Deployer. Segundo ele, o Windows 10 no Raspberry Pi 4 “é muito mais rápido” do que no modelo anterior. A versão do sistema usado é a Atualização 1803 ou Windows 10 de abril de 2018, mas não é mencionado por que não foi executada uma versão mais recente, como a Atualização de novembro de 2019.

No entanto, essa maneira de usar o sistema Microsoft no Pi não tem limitações ou problemas, porque no momento reconhece que não foi capaz de fazer o sistema reconhecer mais de 1 GB de RAM. Isso faz com que o Gerenciador de tarefas exiba 95% de uso de memória em sua captura. Esses tipos de problemas são normais nos estágios iniciais desses testes e é possível que todos os recursos sejam usados ??em breve.

No momento, como Marcin comenta no Twitter, este é um processo para usuários muito avançados e não deu instruções claras sobre como instalar. É muito interessante que isso possa ser alcançado, mas não devemos esquecer que isso não é algo que a Microsoft oficialmente apóia. De qualquer forma, o simples fato de poder usar o sistema abre uma imensa porta de possibilidades.

Fonte: Genbeta

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Após atrasar desenvolvimento do Deepin, surto de coronavírus prejudica DEF CON China

Após atrasar desenvolvimento do Deepin, surto de coronavírus prejudica DEF CON China

Placa Coral do Raspberry Pi do Google vem com novo Debian 10

Conheça CORAL, projeto do Google para concorrer com o Raspberry Pi