in

Dispositivos IoT conectados à Internet em casa são um perigo

Isso é indicado por um grupo de pesquisadores de segurança.

Dispositivos IoT conectados à Internet em casa são um perigo
Imagem: Reprodução / CircleID

Temos mais e mais dispositivos conectados à Internet. Se há alguns anos atrás, praticamente só tínhamos um computador conectado ao roteador, hoje existem muitos dispositivos que conectamos. Falamos de celulares, tablets, laptops… mas também de televisores, lâmpadas e muitos outros dispositivos conhecidos como Internet das Coisas. Atualmente, esses dispositivos IoT são o maior perigo para a nossa segurança. Pelo menos, isso é indicado por um grupo de pesquisadores de segurança.

Dispositivos IoT conectados à Internet, cada vez mais presentes

Dispositivos IoT conectados à Internet em casa são um perigo

Todos os dispositivos que conectamos à Internet em nossa casa, como lâmpadas, televisores, equipamentos para reproduzir vídeos. É o que conhecemos como dispositivos IoT.

O problema é que os hackers costumam mirar onde há mais usuários. Isso acontece, por exemplo, com as redes sociais mais populares, as páginas mais visitadas, os aplicativos mais usados. Eles tentam atacar onde pensam que podem ter mais sucesso. O caso dos dispositivos IoT é claro. Toda vez que os usamos mais, isso significa que os criminosos cibernéticos procuram a maneira de atacá-los.

Se fizermos previsões, os especialistas dizem que em questão de mais alguns anos teremos 40 bilhões de dispositivos IoT conectados em todo o mundo. Eles também garantem que esses dispositivos não melhorem muito a segurança a curto prazo. Isso significa que eles podem ser atacados praticamente da mesma maneira que podem ser hoje.

A segurança é um problema para dispositivos IoT

Dispositivos IoT conectados à Internet em casa são um perigo

Embora eles ofereçam uma ampla gama de possibilidades, a verdade é que um dos problemas mais presentes nos dispositivos IoT atualmente é a segurança. Além disso, os especialistas acreditam que esse problema aumentará nos próximos anos, quando surgirem novas possibilidades e cada vez mais teremos mais dispositivos conectados em nossa casa.

É uma realidade que muitos desses dispositivos têm deficiências de segurança significativas. Em muitos casos, é muito fácil fazer ataques contra eles, roubar credenciais e até controlá-los remotamente.

A falha está nos fabricantes e nos usuários. Muitos dispositivos vêm de fábrica com vulnerabilidades. Alguns não permitem alterar a senha, outros podem ter certos erros que permitem a exposição de informações e abrem a porta para ataques.

Esses pesquisadores também culpam a pressa de lançar um produto no mercado. Eles indicam que muitos fabricantes desejam lançar um determinado produto antes da concorrência. Isso faz com que eles ignorem algumas medidas de segurança.

Mas na maioria dos casos, são os próprios usuários que não implementam as medidas de segurança necessárias. Por exemplo, não altere as chaves padrão, não ative determinados recursos de segurança ou não mantenha os dispositivos atualizados.

Portanto, tudo isso faz com que os dispositivos da Internet das coisas uma ameaça à nossa segurança hoje e pode ser muito mais em um curto – futura prazo. Mais e mais dispositivos estão conectados à rede e isso faz com que os hackers tenham mais opções para atacar.

Através deste artigo, viu-se que os dispositivos IoT conectados à Internet em casa são um perigo e segundo os especialistas, comprometem nossa segurança.

Fonte: RedesZone

Escrito por Fabiano Rodrigues

Usuário de Linux desde o Kurumin; servidor público, tecnólogo em análise e desenvolvimento de sistemas, amante de software livre e de código aberto; apaixonado por jogos, louco por rock e heavy metal, filmes e seriados.