in

Equipe Anti-Assédio do Debian remove pacote com nome de duplo sentido

Desenvolvedores Debian cogitaram proibir perguntas e respostas em Conferências
Equipe Anti-Assédio do Debian remove pacote com nome de duplo sentido

As polêmicas em torno de códigos de conduta parecem ter chegado ao Debian. Mais treta? Equipe Anti-Assédio do Debian remove pacote com nome de duplo sentido. As últimas notas da equipe anti-assédio do Debian na quarta-feira revelam:

Fomos solicitados a rever sobre a adequação de um certo pacote no repositório Debian. Nossa decisão resultou no pacote pendente de remoção do arquivo

Porém, qual pacote foi considerado inapropriado demais para o repositório Debian? Ao se aprofundar um pouco mais na pesquisa, descobre-se que o pacote citado para a Equipe Anti-Assédio do Debian era “Weboob“.

O que é isso?

Weboob é a abreviação de “Web Outside of Browsers“. Trata-se somente de uma coleção de software de código aberto para roteirizar e automatizar o parsing/scraping/ gathering-via-API de dados da web para que possa ser usado por diferentes módulos/aplicativos.

Weboob.org se descreve como

uma coleção de aplicativos capazes de interagir com sites, sem exigir que o usuário os abra em um navegador. Ele também fornece APIs bem definidas para se comunicar com sites.

Weboob é baseado em Python e oferece interfaces de usuário baseadas em Qt para acessar esses diferentes módulos e ler dados de diferentes sites fora de qualquer navegador convencional. Os interessados podem saber mais sobre o software em Weboob.org. Mas, sim, o nome soa infantil e provavelmente inapropriado na maioria dos ambientes profissionais/corporativos. Também foram levantados problemas com os ícones/obras de arte como:

Além disso, o Weboob tem alguns nomes de módulo/aplicativo, como “boob” (seios, em inglês) na string. Bobo e infantil, com certeza. Porém, este pacote não é instalado por padrão no Debian e não é identificado ou promovido pela distribuição do Linux. Então, vale a pena removê-lo do repositório de pacotes por causa de boas maneiras?

Histórico

O Weboob foi adicionado ao Debian em 2010 e mantido desde então, embora tenha sido brevemente removido. Alguns meses atrás, foi levantada a questão sobre o nome do projeto ter referências sexuais e isso ser contra a Declaração de Diversidade do Debian e seus valores.

Durante as discussões sobre o nome do projeto, a seguinte declaração foi adicionada pelo mantenedor do pacote Weboob :

Nota do mantenedor: este software, binários incluídos e talvez outros conteúdos contêm referências infantis a uma parte específica do corpo da mulher. Por isso, recuso-me a renomeá-lo. Não há uma mensagem que diminua ou ofenda, então decidi mantê-la no arquivo. Você pode, no entanto, sentir-se desconfortável ao usar essa ferramenta.

A decisão

A Equipe Anti-Assédio do Debian decidiu que o Weboob é contra o Código de Conduta do Debian e precisa ser respeitoso. A equipe pediu a remoção do programa do repositório Debian ou, talvez, corrigir/remover o nome/marca. Mesmo o pacote não sendo endereçado, eles dizem que o FTP do Debian deve remover unilateralmente o pacote.

Acreditamos que o próximo lançamento não deve conter o pacote em questão; nossa recomendação seria trabalhar com upstream na correção destas questões, bifurcando e/ou corrigindo-o, ou apenas removendo o pacote. Ainda há tempo suficiente para encontrar uma solução que respeita os nossos usuários e nossa comunidade, mantendo uma peça útil de software no arquivo. Nós também encorajamos todas as partes a serem respeitoso e observar as necessidades da comunidade por um ambiente saudável onde tal humor pueril tomado à custa de outras pessoas não é mais aceitável.

Se esta disputa não puder ser resolvida de forma amigável e oportuna, acreditamos que a equipe de FTP pode – e deve – remover unilateralmente o pacote. Pensamos que invocar o CTTE ou chamar um GR seria causar desnecessariamente mais perturbações e desgastar energia da comunidade, disse Martín Ferrari, em nome da equipe Anti-Assédio. 

O Líder do Projeto Debian Chris Lamb foi adiante com o pedido. Ele quer a remoção do Weboob.

Fonte

Written by Claylson

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Microsoft anuncia "Projeto Mu", alternativa UEFI de código aberto

Microsoft anuncia “Projeto Mu”, alternativa UEFI de código aberto

SUSE Linux Enterprise 15 SP1 Beta traz o Java 11

SUSE Linux Enterprise 15 SP1 Beta traz o Java 11