in

Espanha planeja usar robôs para testar 80.000 pessoas para o coronavírus

Os robôs expandirão a capacidade de teste e reduzirão a exposição humana à infecção.

Espanha planeja usar robôs para testar 80.000 pessoas para o coronavírus
Imagem: Reprodução | The Next Web | Governor Tom Wolf.

A Espanha planeja usar uma frota de robôs que automatizarão os testes de coronavírus do país.

O teste rápido é essencial para reduzir a propagação da pandemia. Mas também expõe os testadores à infecção, arriscando suas vidas e sobrecarregando ainda mais a força de trabalho que já se estende além de seus limites.

Espanha planeja usar robôs para detectar o coronavírus

Na Espanha, cerca de 12% dos 35.000 diagnosticados com o coronavírus são profissionais de saúde.

A frota de robôs reduziria o risco de exposição e quadruplicaria os 15.000 a 20.000 testes que a Espanha atualmente faz por dia, de acordo com o site Bloomberg.

Espanha planeja usar robôs para testar 80.000 pessoas para o coronavírus
O teste rápido é essencial para reduzir a propagação da pandemia. Imagem: Reprodução | Tech Spot.

Raquel Yotti, chefe do Instituto de Saúde Carlos III de Madrid, disse em uma entrevista coletiva do Ministério da Saúde no sábado:

Um plano para automatizar testes através de robôs já foi projetado, e a Espanha se comprometeu a comprar quatro robôs que nos permitirão executar 80.000 testes por dia.

Robôs na linha de frente

Até agora, o governo espanhol não forneceu detalhes sobre o funcionamento das máquinas. Todavia, quando forem implantadas, elas se juntarão a uma gama crescente de robôs que enfrentam a pandemia.

Líderes da área de saúde da Irlanda do Norte estão desenvolvendo um sistema de testes robóticos. Além disso, um robô equipado com um estetoscópio em Washington, EUA, recebe sinais vitais de um paciente diagnosticado com o vírus.

Por fim, na China há um hospital com robôs que medem temperaturas, entregam refeições e desinfetam as instalações. Ele foi inaugurado em Wuhan no início deste mês.

Fonte: The Next Web

Leia mais:

Como instalar o Webots no Linux: Um simulador em 3D para criação de robôs

Pesquisadores da Nvidia usam IA para ensinar robôs como entregar objetos a humanos

Algoritmo do Google permite que robôs aprendam a andar

Escrito por Leonardo Santana

Profissional da área de manutenção e redes, astrônomo amador, eletrotécnico e apaixonado por TI desde o século passado.

LLVM Clang 10.0 agora disponível com melhor suporte a C++ 20

LLVM Clang 10.0 agora disponível com melhor suporte a C++ 20

Microsoft e Collabora trabalhando para mapear o OpenGL/OpenCL pelo DirectX 12

Microsoft e Collabora trabalhando para mapear o OpenGL/OpenCL pelo DirectX 12