in

exFAT está na fila para introdução no kernel Linux 5.4

Os trabalhos devem começar em breve, apesar do código ser considerado uma grande porcaria.

Conheça o driver alternativo do sistema de arquivos exFAT Linux baseado no sdFAT da Samsung

A janela de mesclagem do kernel Linux 5.4 será iniciada em setembro. Então, depois da liberação pela Microsoft, o driver do sistema de arquivos exFAT de código aberto será definido como principal para oferecer suporte a esse sistema de arquivos da Microsoft. Portanto, ele estará no próximo ciclo do kernel. Porém, será lançado dentro do “teste” do kernel, uma área para código de qualidade menor e ainda a ser comprovada. Assim, o exFAT está na fila para introdução no kernel Linux 5.4.

Certamente foi uma semana louca para o exFAT no Linux. A Microsoft finalmente publicou as especificações exFAT e deu sua bênção de código aberto para ter o suporte para esse sistema de arquivos no Linux, sendo comum a cartões SD e outros dispositivos flash incorporados.

exFAT inicial na fila para introdução no kernel Linux 5.4 é considerado uma grande porcariaexFAT está na fila para introdução no kernel Linux 5.4

Logo depois, o código do driver exFAT fora da árvore foi enviado para a lista de discussão do kernel. Este é o driver exFAT desenvolvido originalmente na Samsung e, por engano, viu seu código publicado há mais de meia década antes de ser formalmente de código aberto pela Samsung.

Enquanto os desenvolvedores do kernel chamam esse código de driver exFAT “horrível” e “uma grande porcaria”, ele funciona pelo menos para lidar com sistemas de arquivos exFAT e melhor do que não ter nenhum suporte. exFAT está na fila para introdução no kernel Linux 5.4

Como indicado nesse artigo, Greg Kroah-Hartman estava inclinado a puxar esse driver de qualquer maneira para a área de teste do kernel. A esperança era que ele fosse limpo em pouco tempo e, finalmente, fornecendo suporte ao exFAT no Linux.

Greg fez jus à sua palestra e agora enviou o driver exFAT para o próximo passo. Essas quase onze mil linhas de novo código obtiveram a aprovação da Microsoft.  Então, como ele está no ramo “-next”, será definido para inclusão na base de código da linha principal do Linux 5.4. Isso deve ocorrer assim que o Linux 5.3 for lançado.

O patch reconhece que o código precisa de alguma atenção:

O código exfat precisa de muito trabalho para colocá-lo em forma “real” para o fs/parte do kernel. Então coloque-o em drivers/staging/ por enquanto, para que possa ser trabalhado por todos na comunidade.

O Linux 5.4 deve estrear como estável em novembro com este suporte ao sistema de arquivos exFAT.

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Execute o Chromium OS com o ChromX e o Flatpak

Execute o Chromium OS com o ChromX e o Flatpak

Inteligência Artificial chega ao divã

Inteligência Artificial chega ao divã