Notícias

25/11/2021 às 09:30

5 min leitura

Avatar Autor
Por Jardeson Márcio

Extensão Speed Dial é banida do Mozilla Firefox!

A extensão era usada para o gerenciamento e acesso rápido a marcadores e favoritos

Extensão Speed Dial é banida do Mozilla Firefox!

Parece que a Mozilla baniu de uma vez por todas a extensão Speed Dial de seu navegador Firefox. Essa ação aconteceu devido a repetidas violações dos regulamentos e diretrizes de proteção de dados causadas pela extensão.


A extensão removida pela Mozilla de seu navegador, é uma ferramenta utilizada para o gerenciamento e acesso rápido a marcadores e favoritos. Ela já havia sido removida antes e, agora a Mozilla a baniu novamente. A remoção, claro, a princípio, resultou em uma falta de compreensão entre os usuários.

De acordo com o NewsIn, depois que a Mozilla removeu a extensão da loja de complementos e a desativou completamente, as reclamações sobre essa abordagem aumentaram em seu próprio fórum e em camp-firefox.de.

O retirada do Speed Dial do Firefox veio sem aviso prévio, mesmo que no final por um bom motivo, como a Mozilla anunciou mais tarde. Mas, antes de as informações chegarem até os usuários, tudo ficou um tanto quanto tumultuado.

Speed Dial repete violação de políticas e é banido novamente do Firefox

extensao-speed-dial-e-banido-do-mozilla-firefox
Imagem: Add-Ons

A Mozilla emitiu um comunicado com os motivos pelos quais baniu a extensão de seu navegador. Ela abre o comunicado revelando que, em 2020, soube que o “desenvolvedor do complemento FVD começou a interceptar consultas de pesquisa enviadas a terceiros, em clara violação das diretrizes de complementos do Mozilla”.

A empresa disse ainda que, mesmo depois de repetida a violação, novamente informou “expressamente o desenvolvedor em que circunstâncias este tipo de aquisição de dados não era aceitável”. Segundo ela, “naquela época, o desenvolvedor desativou a função”, então, a Mozilla continuou a fornecer o FVD Speed ??Dial.

“Recentemente, soubemos que o desenvolvedor reativou o recurso em questão, o que ainda é uma violação das diretrizes do AMO. Devido a essas violações repetidas, banimos este complemento”, finalizou Mike Hoye da Mozilla.

Logo após o anúncio oficial, os moderadores encerraram as discussões abertas sobre este tema e declararam o assunto encerrado, aponta o NewsIn. Para os desenvolvedores, que repetidamente encaminharam consultas de pesquisa de usuários para provedores de terceiros, isso deve pode significar o fim para o Firefox.

O NewsIn aponta que a extensão para o Google Chrome ainda está disponível na Chrome Web Store. Não sabemos se por lá alguma regra foi quebrada. No entanto, com esse banimento da extensão do Mozilla Firefox, outros podem vir em breve, ou não, depende apenas da extensão.

Esperamos que, caso a extensão seja permitida no navegador novamente, que seja dentro das regras, para que os usuários não gerem discussões por mais um banimento.

Via: NewsIn

Jardeson é Mestre em Tecnologia Agroalimentar e Licenciado em Ciências Agrária pela Universidade Federal da Paraíba. Entusiasta no mundo tecnológico, gosta de arquitetura e design gráfico. Economia, tecnologia e atualidade são focos de suas leituras diárias. Acredita que seu dia pode ser salvo por um vídeo engraçado.

Últimos artigos

Newsletter

Receba nossas atualizações!

Newsletter

Receba nossas atualizações!
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.