Fim do Google+ ocorrerá 4 meses antes do previsto

“O que começa mal, acaba mal” parece ser o lema mais aplicável ao Google+. A empresa Mountain View informou em outubro que o serviço seria fechado por causa da detecção tardia de uma violação de segurança detectada três anos depois, com a qual os desenvolvedores poderiam acessar dados privados de usuários. Confira neste post que o fim do Google+ ocorrerá 4 meses antes do previsto.

Agora, como encontrou uma segunda violação de segurança que afetou 52,5 milhões de usuários, o Google+ será fechado em abril, em vez de agosto, data em que o seu adeus foi originalmente planejado.

A agonia de um serviço de pouquíssimo uso

As informações que poderiam ter vazado devido a um bug em uma API do Google+ , mesmo para os usuários que tinham o status definido como privado, eram as clássicas: nome, e-mail, ocupação, idade etc. Além disso, aplicativos de terceiros também podem acessar informações de perfil compartilhadas com outros usuários em particular.

Para a tranquilidade de quem tem informações sigilosas no serviço, o Google afirma que não tem provas de que os desenvolvedores de aplicativos puderam aproveitar o problema.

Além disso, está descartado que os desenvolvedores pudessem acessar informações como dados financeiros, números de identificação, senhas e outros dados típicos que podem estar envolvidos em roubo de dinheiro ou roubo de identidade.

O final precipitado do Google+ 

Agora, com o GDPR já em vigor, as pessoas de dentro da empresa disseram ao TechCrunch que ter revelado isso tão rapidamente deve-se ao ” querer mostrar mais transparência “. Além disso, o Google enfatiza que

estão investindo em seus programas de privacidade para melhorar o processo interno de análise de privacidade”, entendendo que “sua capacidade de construir produtos confiáveis é o que impulsiona a confiança do usuário.

Fonte

Claylson
Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Bug que perdura 11 anos no Firefox prejudica usuários

Previous article

Confira novos temas e ícones do GNOME

Next article

You may also like

More in Notícias