in

Mozilla removerá suporte ao FTP no navegador Firefox

Firefox 76 ativa aceleração de VA-API Wayland para todos os codecs de vídeo

Firefox 80 terá suporte a VA-API Acceleration no X11

Mozilla removerá o suporte ao FTP no navegador Firefox. Primeiramente, o recorso será desativado para somente depois ser removido. Tudo isso deve ocorrer ainda este ano, nas próximas versões do navegador. Porém, esta é uma discussão que se arrasta pelo menos desde 2015. Foi quando os engenheiros do Google e Mozilla começaram a discutir a remoção do FTP dos navegadores Chrome e Firefox.

Ambas as empresas já limitaram algumas funcionalidades relacionadas ao FTP. A Mozilla começou a bloquear recursos do FTP carregado em páginas da Web no Firefox 61, e o Google abandonou o suporte a proxy no Chrome 76.

Uma nova opção para desativar o suporte ao FTP no Firefox foi adicionada em 2018 pela Mozilla, mas o sinalizador nunca foi ativado por padrão; isso permitiu que usuários e organizações desativassem o suporte ao FTP individualmente.

A Mozilla quer desativar o suporte ao FTP por padrão no navegador Firefox quando o Firefox 77 estável chegar; a versão está programada para um lançamento em junho de 2020. O FTP será desativado por padrão no Firefox, porém, usuários e organizações do Firefox podem reativá-lo manualmente por algum tempo após o lançamento. A Mozilla planeja habilitar o FTP no Firefox ESR 78, lançado em junho de 2020, de acordo com este bug.

Eventualmente, o suporte ao FTP será removido inteiramente do navegador Firefox, sem opção para restaurar a funcionalidade.

O bug 1574475 trata da remoção do suporte ao FTP. A principal razão pela qual o FTP está sendo removido é que é considerado inseguro. No entanto, a decisão do Google de remover o suporte do Chrome certamente pesou na decisão da Mozilla de remover o suporte também.

A Mozilla poderia ter optado por implementar o suporte ao FTP seguro no Firefox; um bug foi registrado 19 anos atrás para introduzir suporte ao SFTP no Firefox, mas nada saiu dele.

O Google planeja redirecionar solicitações para o manipulador padrão de FTP no sistema no Chrome, e é provável que a Mozilla planeje fazer o mesmo no Firefox. A maioria dos gerenciadores de arquivos fornecidos com o sistema operacional suporta FTP, e há muitos programas, por exemplo, FTP Rush ou WinSCP  que são mais adequados para conectar-se a servidores FTP.

suporte ftp do firefox

Os usuários do Firefox podem controlar o suporte ao FTP da seguinte maneira (até que o código seja totalmente removido do navegador da web):

  1. Carregue about: config na barra de endereços do navegador.
  2. Confirme
  3. Procure por network.ftp.enabled.
    1. Defina a preferência como TRUE para ativar o suporte ao FTP no Firefox.
    2. Defina a preferência como FALSE para desativar o suporte ao FTP no Firefox.

Firefox 76 ativa aceleração de VA-API Wayland para todos os codecs de vídeo

Com o próximo Firefox 75, há uma aceleração de vídeo baseada em GPU VA-API trabalhando em Wayland. Enquanto isso construía o FFmpeg, o código inicial estava limitado ao suporte ao H.264. Somente com a chegada do novo Firefox 76 é que esta função deve ser estendida. Houve um relatório de erro para rastrear o suporte à decodificação VP9 usando a VA-API. Isso foi feito por Martin Stránský, da Red Hat, que lidera esse trabalho de Wayland e VA-API.

Na quarta-feira, o suporte foi mesclado para que o VA-API em Wayland use todos os formatos de vídeo disponíveis. Até agora (e para o Firefox 75) havia um código limitando o suporte ao codec H.264, enquanto no Firefox 76 essas limitações estavam definidas para serem retiradas.

Então, graças ao calendário de lançamento mais rápido da Mozilla para o Firefox, isso significa que os usuários que desejam a aceleração expandida da VA-API no Wayland só precisam esperar por volta de 5 de maio pelo lançamento estável.

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Drones que podem detectar a COVID-19 estão sendo testados nos EUA

Milhares de domínios maliciosos relacionados ao coronavírus estão sendo criados todos os dias

Google Chrome continua sendo o navegador de internet mais popular do mundo

Microsoft Edge é o navegador que menos respeita a privacidade