SempreUPdate
Notícias sobre Ubuntu, Debian, Fedora, Linux, Android, Tecnologia, LibreOffice e muito mais!

Fuchsia OS: o novo sistema não-Linux, mas Open Source do Google

Confira as primeiras imagens do novo sistema operacional do Google

O terceiro sistema operacional do Google, Fuchsia, agora tem uma interface de sistema que oferece uma olhada no que o sistema operacional pode parecer.

Diferentemente do Android e Chrome OS, Fuchsia não utiliza o kernel Linux, mas sim o próprio micro-kernel Magenta do Google. O novo sistema operacional surgiu em agosto e com o Google ainda por explicar quais são os seus planos para ele, alguns especularam que o Fuchsia é o seu esforço para unificar o Android e o Chrome OS.

Embora o Google não tenha nomeado uma finalidade para o Fuchsia, também não esconde o seu progresso, que pode ser visto na página do GitHub do Fuchsia, onde recentemente adicionou uma interface de usuário chamada Armadillo.

De acordo com a página, Armadillo é um aplicativo que foi escrito em Flutter, ferramenta do Google para a construção de aplicativos para iOS e Android a partir de uma única base de código.

Os desenvolvedores do site hotfixit.net usaram o código-fonte disponível para demonstrar como o Armadillo se comporta executando como um aplicativo Android.

O site Hotfixit.net também postou um vídeo do Armadillo, que mostra algumas características em comum com o Android, mas também revela uma nova forma sobre como os aplicativos são organizados.

Em vez de aplicativos estáticos, Armadillo oferece uma interface centrada em cartão que os usuários podem rolar para baixo para ver histórias, que são um “conjunto de aplicativos e/ou módulos que trabalham em conjunto para o usuário atingir um objetivo”.

Armadillo é organizado por um grupo de chaves co-dependentes que orquestrar a experiência como o usuário se move entre diferentes contextos. Ele também introduz o conceito de uma “sugestão”, ou “uma representação de uma ação que o usuário pode tomar para aumentar uma história existente ou para iniciar uma nova”.

Forma de organização do Fuchsia OS.

A página de perfil do usuário apresenta uma imagem do usuário, data e hora, local e nível da bateria. Há também um atalho para configurações, com configurações de volume e luz, modo avião e outras configurações semelhantes às configurações rápidas do Android.

Você pode pressionar longamente um dos aplicativos para arrastá-los um em cima do outro. Isto irá iniciar uma tela dividida

Como observa o site Ars Technica, ao pressionar um aplicativo de forma longa permite que o usuário o arraste e solte em outro aplicativo, que inicia o modo de tela dividida. A UI também tem seu próprio teclado Fuchsia.

Fuchsia OS possui um teclado próprio

O sistema Fuchsia OS ainda não tem previsão de lançamento.

Comentários