in

Gerenciador digiKam 6.2.0 foi lançado

Essa nova versão concentra-se na solução de erros.

Gerenciador digiKam 6.2.0 foi lançado

O gerenciador de imagens de código aberto digiKam 6.2.0 foi lançado com poucas inovações, mas concentra-se na solução de erros, uma vez que nesta versão 302 relatórios de erros foram fechados.

Ele é executado na maioria dos ambientes de desktop e gerenciadores de janelas conhecidos, desde que as bibliotecas necessárias estejam instaladas.

Ele suporta todos os principais formatos de arquivo de imagem, como JPEG e PNG, pode organizar coleções de fotos em álbuns com base em diretórios ou álbuns dinâmicos por data, linha do tempo ou por tags.

Os usuários também podem adicionar legendas e classificações às suas imagens, pesquisá-las e salvar as pesquisas para uso posterior.

O digiKam fornece funções para organizar, visualizar, baixar e/ou excluir imagens de câmeras digitais.

Além disso, o digiKam oferece ferramentas de aprimoramento de imagem por meio de sua estrutura KIPI (interface de plug-in de imagem KDE) e seus próprios complementos, como remoção de olhos vermelhos, gerenciamento de cores, filtros de imagem ou efeitos especiais.

Principais novidades do digiKam 6.2.0

Então, com a chegada desta nova versão do digiKam 6.2.0, foi adicionado o suporte adicional para os formatos de imagem RAW fornecidos pelas câmaras Canon Powershot A560, FujiFilm X-T30, Nikon Coolpix A1000, Z6, Z7, Olympus E-M1X e Sony ILCE-6400.

Entretanto, para processar imagens RAW, é usada a biblioteca libraw 0.19.3, que fornece suporte para mais de 1.000 variantes de formatos RAW.

Além disso, foi adicionado suporte para a biblioteca Exiv2 0.27.2 usada para trabalhar com metadados em arquivos de imagem.

No entanto, esta biblioteca é um componente principal do digiKam que é usado para interagir com os metadados do arquivo, como preencher o conteúdo do banco de dados, atualizar as informações textuais dos elementos ou manipular o XMP para arquivos somente leitura.

Por outro lado, o reprodutor de vídeo integrado foi atualizado para suportar o framework QtAv 1.13.0.

O digiKam também tem a capacidade de reproduzir arquivos de vídeo, sem a necessidade de um player de vídeo adicional e codecs dedicados (graças ao FFmpeg e QtAV).

Finalmente, o gerenciamento de álbuns obtém um novo recurso: suporte para renderização de itens com visualização de ícones em telas HiDPI 4K.

Agora o digiKam dimensiona as imagens para exibi-las corretamente nas telas ativadas para HiDPI. Para usar este recurso, vá para a página de diálogo Configuração > Visualizar > Ícones.

Para esta nova versão, versões portáteis de 32 e 64 bits foram preparadas para o Windows. Por outro lado, os pacotes de instalação para Linux estão no formato AppImage.

Como instalar o digiKam 6.2.0 no Debian / Ubuntu / Linux Mint ou derivados

Gerenciador digiKam 6.2.0 foi lançado

Para os interessados em instalar e obter as principais novidades do digiKam 6.2.0 no seu sistema, siga os passos abaixo que são bastante simples.

Em primeiro lugar, você precisará abrir o Terminal. Em segundo lugar, faremos o download do pacote, utilizando alguns comandos correspondente à arquitetura do seu sistema.

Sistemas 32 bits:

wget https://download.kde.org/stable/digikam/6.2.0/digikam-6.2.0-i386.appimage -O digikam.appimage

Sistemas 64 bits:

wget https://download.kde.org/stable/digikam/6.2.0/digikam-6.2.0-x86-64.appimage -O digikam.appimage

Dê permissão de execução ao pacote:

sudo chmod +x digikam.appimage

Finalmente, você pode executar clicando duas vezes sobre o aplicativo ou com o Terminal:

./digikam.appimage

Pronto! Agora é só gerenciar suas fotos de forma intuitiva e fácil.

Enfim, para mais detalhes, clique aqui.

Fonte: digiKam / Ubunlog

Escrito por Fabiano Rodrigues

Usuário de Linux desde o Kurumin; servidor público, tecnólogo em análise e desenvolvimento de sistemas, amante de software livre e de código aberto; apaixonado por jogos, louco por rock e heavy metal, filmes e seriados.

Aplicativos do KDE 19.08 foi lançado

Aplicativos do KDE 19.08 foi lançado

Lançamento do Oracle Linux 7 Update 7

Lançamento do Oracle Linux 7 Update 7