GNU Texinfo 7.0 lançado com suporte de saída LaTeX e EPUB 3

GNU Taler 0.9 chega com suporte para pagamentos móveis, Manifest V3

Claylson Martins
6 minutos de leitura

Texinfo como a sintaxe de composição GNU e o formato de documentação preferido do projeto foi lançado com uma grande atualização.

Notável com GNU Texinfo 7.0 é o programa texi2any que agora suporta formatos de saída de documentação de LaTeX e EPUB 3, além de muitos outros formatos já suportados. O EPUB 3 é uma especificação popular para ebooks principalmente para e-readers, enquanto o LaTeX já é bem conhecido.

GNU Texinfo 7.0 lançado com suporte de saída LaTeX e EPUB 3

O GNU Texinfo 7.0 também possui melhorias em seu suporte à saída HTML, problemas de codificação de caracteres foram resolvidos, melhorias na saída do DocBook e uma variedade de outras melhorias.

Mais detalhes sobre o lançamento do GNU Texinfo 7.0 através da lista de discussão GNU.

GNU Taler 0.9 chega com suporte para pagamentos móveis e Manifest V3

Após um ano de desenvolvimento, o projeto GNU anunciou o lançamento da nova versão do seu sistema de pagamento eletrônico gratuito GNU Taler 0.9 , versão na qual é mencionado que muitas das principais novas funções foram desenvolvidas com uma bolsa NGI POINTER financiada por a Internet de próxima geração da Comissão Europeia sob o acordo de subvenção, além das medições de desempenho e melhorias serem financiadas por uma subvenção NGI Fed4Fire+.

Para quem é novo no GNU Taler 0.9, você deve saber que este sistema de pagamento fornece anonimato para os compradores, mas mantém a capacidade de identificar os vendedores para garantir a transparência nos relatórios fiscais.

O sistema não permite rastrear informações sobre onde o usuário gasta o dinheiro, mas fornece um meio de rastrear o recebimento de fundos (o remetente permanece anônimo), o que resolve os problemas de auditoria fiscal inerentes ao BitCoin.

GNU Taler não cria sua própria criptomoeda, mas trabalha com moedas existentes, incluindo dólares, euros e bitcoins. O modelo de negócios da GNU Taler é baseado na realização de transações de câmbio: dinheiro de sistemas de pagamento tradicionais como BitCoin, Mastercard, SEPA, Visa, ACH e SWIFT é convertido em dinheiro eletrônico anônimo na mesma moeda.

O usuário pode transferir dinheiro eletrônico para comerciantes, que podem trocá-lo no ponto de troca por dinheiro real representado pelos sistemas de pagamento tradicionais.

Todas as transações no GNU Taler são protegidas usando algoritmos criptográficos de última geração para garantir a autenticidade, mesmo que as chaves privadas de clientes, comerciantes e exchanges vazem.

O formato do banco de dados fornece a capacidade de verificar todas as transações concluídas e confirmar sua consistência. A confirmação de pagamento para comerciantes é uma prova criptográfica da transferência nos termos do contrato celebrado com o cliente e uma confirmação assinada criptograficamente da disponibilidade de fundos no ponto de troca.

Principais novos recursos do GNU Taler 0.9

Nesta nova versão do GNU Taler 0.9, destaca-se que foi adicionado suporte para pagamentos móveis confidenciais feitos no modo P2P (peer-to-peer) vinculando diretamente o aplicativo do comprador e o aplicativo de ponto de venda (POS).

Além disso, destaca-se também que foi adicionado suporte para pagamentos com restrição de idade (com isso o comerciante pode definir um limite mínimo de idade e o comprador tem a oportunidade de confirmar o cumprimento desse requisito sem revelar dados confidenciais).

Também é mencionado que o esquema do banco de dados do ponto de troca foi aprimorado, otimizado para desempenho e escalabilidade.

O banco Python foi substituído pelo LibEuFin Sandbox com a implementação de componentes de servidor que garantem o funcionamento dos protocolos bancários e emulam o sistema bancário mais simples de gestão de contas e saldos.

Por outro lado, a variante de carteira baseada em WebExtension projetada para uso em navegadores foi adaptada para suportar a terceira versão do manifesto do Chrome.

Por fim, se você quiser saber mais sobre esta nova versão e sobre o projeto, pode consultar os detalhes no link a seguir. 

Como obter uma carteira GNU Taler?

Para aqueles que estão interessados ??em obter uma carteira GNU Taler, eles podem primeiro experimentar uma demonstração deste sistema de pagamento para aprender um pouco mais sobre como ele funciona.

Isso pode ser feito no link a seguir.

Agora, para quem deseja obter uma carteira, deve saber que é possível a partir de um navegador da web ou de um dispositivo móvel com Android (como mencionamos na notícia desta nova versão).

Em relação ao navegador, no momento apenas Chrome e Firefox (e navegadores baseados neles) são os que possuem um complemento que pode ser instalado nos links a seguir.

Já quem preferir a versão para Android deve instalar o recurso a partir a partir deste link.

Share This Article
Follow:
Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão. Nas horas não muito vagas, professor, fotógrafo, apaixonado por rádio e natureza.