in

Google analisa como a IA pode melhor servir a humanidade

Neste artigo, veja os pontos apontados pelo relatório do Google que analisou como a IA pode melhor servir a humanidade em variadas áreas.

Mais da metade das pesquisas do Google não produz um único clique

O Google.org divulgou um relatório que detalha como startups, organizações sem fins lucrativos, formuladores de políticas governamentais e acadêmicos que possuem impacto social podem usar machine learning para resolver alguns dos maiores problemas da humanidade.

Relatório do Google mostra como a IA pode auxiliar a humanidade

A avaliação é o resultado da análise de mais de 2.600 candidaturas – de 119 países – para um desafio do Google chamado AI Impact Challenge. Em suma, esse desafio tem o valor de 25 milhões de dólares e é uma chamada aberta global a projetos que visam usar a Inteligência Artificial (IA) para servir a humanidade.

Dessa forma, a avaliação de como a sociedade civil pode melhorar as implementações de IA parece ser o primeiro relatório de uma gigante da tecnologia.

Em maio, 20 organizações de várias partes do mundo receberam doações do Global AI Impact Challenge, após a estreia da iniciativa no outono setentrional passado.

Os destinatários incluem:

  • O Colegio Mayor de Nuestra Señora del Rosario, na Colômbia, está usando a visão por computador e imagens de satélite para detectar operações ilegais de mineração que contaminam a água potável local.
  • A Universidade de Nova York e o Departamento de Bombeiros de Nova York (FDNY) se uniram para reduzir o tempo de resposta para 1,7 milhão de chamadas anuais de serviços de emergência.
  • A Universidade Americana de Beirute, no Líbano, usará machine learning na tentativa de ajudar os agricultores a economizar água usada para irrigação de culturas e produção de alimentos.

Objetivos diferentes no uso da IA

Mas, ao avaliar as 20 organizações financiadas para ver quanto crédito em nuvem seria útil para cada um, ficou evidente que suas abordagens nem sempre eram melhores para seu projeto em particular, com oportunidades perdidas de computação no dispositivo em vez de na nuvem, segundo a diretora da organização Google.org, Brigitte Gosselink.

Assim, as iniciativas em andamento que podem se vincular ao relatório divulgado incluem esforços para ajudar as organizações de impacto social a coletar e rotular dados, além de colaboração com os engenheiros do Google Cloud para garantir o uso eficiente da energia de computação.

O relatório recomenda fortemente a criação de parcerias entre organizações para reduzir redundâncias e reunir recursos. Por exemplo, mais de 30 condidaturas recebidas para o Global AI Impact Challenge focaram no uso da IA ??para identificar e gerenciar pragas agrícolas.

O relatório diz:

Acreditamos que a parceria entre organizações com profundo conhecimento do setor e organizações com conhecimento técnico é a melhor oportunidade no curto prazo para desenvolver e operacionalizar o uso da IA ??para o bem social. Dessa forma, fóruns comuns em que organizações interessadas em usar a IA para bem social podem compartilhar missões e necessidades com especialistas técnicos podem ajudar a facilitar as conexões.

Exemplos de uso da IA

As parcerias também podem ajudar a enfrentar os desafios de rotulagem e coleta de dados que alguns candidatos encontraram.

O principal exemplo recente destacado no relatório foi um esforço do CrowdAI do Departamento de Defesa do Facebook para criar o xBD, um conjunto de dados rotulados de 700.000 imagens de satélite após oito eventos de desastres naturais. Esses dados podem ser usados ??para treinar sistemas de IA para identificar as áreas que mais precisam de assistência.

Os candidatos nos setores de resposta a crises, empoderamento econômico e igualdade e inclusão eram mais propensos a enfrentar uma falta de conjuntos de dados significativos. Mas, aqueles que trabalhavam nos setores de saúde, meio ambiente, educação e setores público e social eram mais propensos do que outros a ter acesso aos dados necessários.

A análise de aplicativos do Google também descobriu uma falta de experiência na implantação de sistemas de IA. Isso é consistente com a constatação do relatório de que 55% dos candidatos a empresas sociais sem fins lucrativos e 40% com fins lucrativos não tinham experiência anterior com IA. Além disso, o relatório frequentemente encontrou um entendimento confuso das limitações da IA ??e do que é necessário para levar um projeto do conceito à conclusão.

Igualmente, o relatório diz:

Muitos candidatos que eram novos na IA precisavam entender melhor os tipos de funções de dados necessários. Além disso, outros achavam difícil competir com organizações do setor privado ao contratar talentos técnicos. Dessa maneira, ao longo de nosso processo de revisão, vimos que mesmo as organizações mais maduras subestimaram o tempo e os recursos necessários para preparar e manter os dados para o uso de algoritmos.

Alguns desafios na área de IA

A escassez de talentos em ciência de dados que aflige muitas empresas é especialmente aguda no mundo do impacto social. Mas, as empresas privadas que normalmente têm mais recursos ou equipes de TI internas também enfrentam desafios. Assim, uma pesquisa de executivos da PricewaterhouseCoopers em 2018, realizada em mais de 60 países, constatou que apenas 4% afirmam ter implementado a IA com sucesso em sua organização.

O relatório não faz menção direta às limitações de energia de computação. Porém, a falta de energia de computação pode reduzir o tipo de experimentação de modelo que pode levar a avanços.

Embora o relatório avalie obstáculos e oportunidades em potencial, ele não tenta oferecer afirmações orientadas por dados sobre os tipos de esforços que oferecem alto retorno do investimento para financiadores ou têm o maior impacto na vida humana.

Alguns outros fatos esclarecedores sobre os candidatos ao Global AI Impact Challenge:

  • Mais da metade das candidaturas veio de organizações com menos de 25 funcionários.
  • As propostas recebidas como parte do Global AI Impact Challenge ??abordaram todas as 17 metas de desenvolvimento sustentável das Nações Unidas.
  • Os projetos de saúde representavam mais de 25% do conjunto de mais de 2.600 candidatos. Enquanto isso, os projetos para ajudar o meio ambiente, a educação e o desenvolvimento econômico também eram comuns.
Relatório do Google analisa como a IA pode melhor servir a humanidade
Diversidade geográfica das candidaturas. Imagem: Reprodução / Venture Beat.

Medidas a serem tomadas

Consequentemente, para legisladores e funcionários do governo que escrevem ou fazem cumprir políticas, o relatório incentiva mais esforços de educação pública e bolsas de treinamento. Assim, isso serviria para acelerar o progresso e superar as limitações resultantes da falta de talentos técnicos. Além disso, a disponibilidade de subsídios apoiaria o investimento em infraestrutura física subjacente à IA nas regiões onde ela está em falta.

Por fim, alguns candidatos criaram planos para testar conjuntos de dados e modelar saídas com viés em seus aplicativos. Porém, ironicamente, o relatório também afirma que algumas organizações de impacto humanitário ou social precisam melhorar sua avaliação das soluções de IA. Logo, elas entenderiam melhor os possíveis casos de uso negativo da tecnologia.

O relatório diz:

Compreender e gerenciar o uso responsável da IA ??é difícil e inegociável.

Detalhes finais do relatório do Google que mostra como a IA pode servir melhor a humanidade

O fato de o desafio ter circulado apenas em inglês e a dependência de organizações não-governamentais para compartilhar a candidatura ao Google Global AI Impact Challenge limitou o escopo dos resultados.

O Global AI Impact Challenge termina em fevereiro. O Google ainda não determinou se um segundo desafio de 25 milhões de dólares será realizado.

O Google não está sozinho na defesa da IA ??para boas iniciativas. Por exemplo, a Microsoft também tem a iniciativa a AI for Earth, acessibilidade e ação humanitária em andamento. Além disso, as Nações Unidas estão explorando uma série de IA para boas iniciativas, incluindo como a IA pode ser usada para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Não deixe de compartilhar!

Fonte: Venture Beat

Leia também: Pesquisadores de IA traduzem linguagem em movimento físico

Escrito por Leonardo Santana

Astrônomo amador e eletrotécnico. Apaixonado por TI desde o século passado.

Nova falha no cartão SIM permite que hackers invadam qualquer telefone apenas por SMS

Nova falha no cartão SIM permite que hackers invadam qualquer telefone apenas por SMS

Google Play Pass chegará em breve

Google Play Pass chegará em breve