in

Google: atualizações do buscador vai impactar sites em até 100%!

Google já implementou um grande atualização no buscador e todos os sites por ele indexado são afetados!

O Google anunciou grandes mudanças no seu buscador, especialmente no que diz respeito aos resultados das buscas. O Google sempre costuma fazer atualizações e implementações no seu buscador, mas desta vez o impacto é gigante, tanto para positivo quanto para negativo. Especialmente para sites que não gostam de estudar e aprimorar o SEO.

A grande atualização do buscador do Google gira em torno do BERT, que é uma técnica de processamento de linguagem natural que ajuda o Google a entender o contexto das frases, palavras, ou seja, o sentido. O Google ainda revelou que o BERT ajuda a pesquisa Google a entender melhor qual é a real intenção daquela pesquisa.

O que é o BERT do Google?

Lá atrás, quando o BERT foi anunciado, foi divulgado que o impacto global seria de no máximo 10%, e que seria implementado lentamente, mas agora o Google já divulgou que o impacto já é de 100% tendo em vista que o BERT foi implementado em seu potencial.

Mais atualizações para o buscador do Google deve chegar até o final do ano, outras já estão em pleno funcionamento. Os algoritmos do Google também deve entrar na roda e vão receber mais atualizações, que não serão divulgadas. Com tudo, especialistas acreditam que isso vai dificultar ainda mais o trabalho de SEO.

Implementação do BERT pelo Google

Como já dissemos, o Google já implementou em 100% o BERT, no entanto, as atualizações em sua potencialidade já afeta os sites em inglês. Segundo o Google, a ideia é melhorar as respostas do buscador, e que por enquanto os olhos da gigante estão voltamos para o idioma nativo, o inglês.

Novo algoritmo de Ortografia

Agora é hora de aprender a escrever melhor. O Google lançou também neste mês de outubro, um novo algoritmo que visa identificar erros ortográficos, sim, mas são os grosseiros e não apenas pontuação. Aquelas pessoas que escrevem palavras erradas em seus sites, como palavras que deveriam ser escritas com Ç e é escrita com SS terão problemas. A gigante inclusive ressaltou que o algoritmo de ortografia recebeu a maior atualização dos últimos 5 anos.

Trechos dos artigos

Quem supôs que o Google estava focado em indexar todo o conteúdo do artigo está enganado, agora os algoritmos do Google também conseguem indexar trechos separados por página. Essa mudança afeta 7% das pesquisas globais e já foi implementada com todas as outras.

Recentemente, fizemos um grande avanço na classificação e agora podemos não apenas indexar páginas da web, mas também trechos individuais das páginas. Compreendendo melhor a relevância de passagens específicas, não apenas da página geral, podemos encontrar as informações de agulha no palheiro que você está procurando. Essa tecnologia vai melhorar 7 por cento das consultas de pesquisa em todos os idiomas à medida que a implementamos globalmente.

Além disso, o Google também cita os famosos subtópicos:

Aplicamos redes neurais para entender os subtópicos em torno de um interesse, o que ajuda a oferecer uma maior diversidade de conteúdo quando você procura por algo amplo. Por exemplo, se você pesquisar ” equipamentos de ginástica doméstica “, agora podemos entender subtópicos relevantes, como equipamentos de orçamento, escolhas premium ou ideias para espaços pequenos, e mostrar uma gama mais ampla de conteúdo para você na página de resultados de pesquisa. Vamos começar a lançar isso no final deste ano.

As melhorias não devem parar por aqui, o Google já declarou que mais mudanças devem chegar ainda em 2020, mesmo que seja no final do ano. Você pode conferir o artigo completo do Google sobre as mudanças IA e também sobre o Google BERT.

Pesquisadores anunciam algoritmo quântico que caracteriza ruído

Google promete melhores resultados de pesquisa para receitas, empregos e compras