in

Google Chrome: navegador economizará CPU e bateria!

Depois de muitas reclamações parece que o Google Chrome resolveu atendê-las!

Chrome começa a bloquear URLs confusas

O Google Chrome conhecido por ser um vilão quando o assunto é consumo de recursos, parece ter ouvido as queixas dos usuários. O Google já havia tocado no mesmo assunto em 2015, apresentando uma publicação em seu blog propondo melhorias semelhantes.

Segundo as novas informações divulgadas, o nome do novo recurso do Google Chrome será “Congelamento de Guias” (usando uma tradução para o nosso idioma). Assim, o Google Chrome vai pausar qualquer atividade que exija processamento nas guias que você não esteja utilizando.

Desta forma, e se realmente isso for feito, haverá uma redução significativa nos tão conhecidos altos consumos de CPU e consumo de bateria e energia. Afinal de contas, quem nunca se deparou com a ventoinha do cooler quase decolando ao abrir várias guias no Google Chrome, não é?

Usuários de muitas guias

Dito isso, os maiores beneficiados serão os usuários que utilizam muitas guias a perder de vista. Entenda lógica, sempre que abrimos uma guia no Google Chrome uma página será aberta, e esse carregamento de informações é chamado de renderização, e ela ocorre a cada carregamento.

Então, imagine fazer isso em mais de dez guias em seu computador? Pois bem, para cada aba dessa será usado memória RAM e também processamento, o que pode deixar sua máquina lenta. Isso ocorre porque todos os scripts e conteúdos ativos permanecem em execução, e assim, o consumo de recurso continua em segundo plano.

Claro, há benefícios quando se usa serviços online como os famosos serviços de música. Logo, se você troca de guia a música não vai parar de ser reproduzida, e assim, os recursos do seu computador permanecem sendo consumidos.

Os engenheiros do Google Chrome criam a Tab Discarding lá atrás e agora criaram a Tab Freezind (Congelamento de guias). Ambos recursos parecem ser a mesma coisa, mas não são.

O que é o Tab Discarding (Descarte de Guias) do Google Chrome?

O Tab Discarding (Descarte de Guias), foi lançado, como dissemos no início do texto em 2015. A ideia dos engenheiros naquela época era economizar memória RAM. No entanto, o Descarte de Guias só entraria em ação em computadores com pouca memória RAM.

Funciona assim, você possui várias guias abertas no Google Chrome, mas já fazem algumas horas que você não olha alguma das guias que estão abertas, assim, o navegador vai descartá-la de acordo com o tempo que você deixo-a parada, e desta forma vai economizar memória.

No entanto, isso não quer dizer que a guia será fechada, mas o conteúdo que estava ali. Então, caso você resolva abrir essa guia que foi descarregada, o Google Chrome vai recarregar o conteúdo que ali estava rapidamente.

O que é o Tab Freezind (Congelamento de Guias) do Google Chrome?

Perceba que anteriormente o Descarte de Guias, ou ainda o Tab Discarding é voltado para memória RAM, e assim, os engenheiros do Google Chrome criaram o Tab Freezind (Congelamento de Guias) que é voltado para CPU.

Quando uma guia é congelada, seu conteúdo permanece na memória do seu sistema. No entanto, o conteúdo da guia será “congelado”. A página da Web na guia não poderá usar a CPU nem executar ações em segundo plano.

Por exemplo, digamos que você tenha uma página da Web pesada aberta em uma guia em algum lugar e esteja executando continuamente scripts. Depois de um tempo, o Chrome a “congelará” automaticamente e a impedirá de executar ações até você interagir novamente. Esses são os princípios básicos, e o Google provavelmente explicará como funciona com muito mais detalhes em breve.

O congelamento de guias é um recurso experimental. Ele está incorporado nas versões estáveis ??atuais do Chrome 77, mas só pode ser iniciado manualmente. Nas versões do Chrome Canary para o próximo Chrome 79, o Chrome poderá congelar automaticamente as guias, assim como as descartá-las automaticamente.

Por fim, podemos entender que o Google Chrome entende que o seu navegador consome recursos e esta tentando de tudo para reduzir isso a todo custo. Os dois recursos, se combinados, podem garantir uma diminuição de consumo de recursos e permitir que os computadores menos potentes utilizem o navegador sem tantos travamentos. Agora basta aguardar.

Escrito por Emanuel Negromonte

Fundador do SempreUPdate. Acredita no poder do trabalho colaborativo, no GNU/Linux, Software livre e código aberto. É possível tornar tudo mais simples quando trabalhamos juntos, e tudo mais difícil quando nos separamos.

Quer fazer um podcast? 5 dicas para você começar

5 dicas para você começar a fazer um podcast

Ubuntu Touch Installer agora suporta telefones OnePlus 3 e Sony Xperia X

Ubuntu Touch Installer agora suporta telefones OnePlus 3 e Sony Xperia X