in

Google e Apple ingressam no grupo da indústria 6G! Telefones com 6G devem chegar em 2 anos!

As gigantes entram com o pé direito na nova indústria 6G mesmo tendo lançado telefones 5G recentemente!

O 5G ainda engatinha no Brasil. Mas, o fato é que Google e Apple já estão se organizando para encabeçar a indústria do novíssimo 6G. As gigantes fizeram seus lançamentos com telefones 5G. As empresas agora fazem parte da “Next G Alliance”. Segundo informações, a próxima geração da tecnologia de redes o 6G será 100 a 500 vezes mais rápidos que o atual 5G. Os novos telefones com 6G devem chegar em 24 meses.

Desta forma, com a Apple e Google juntas na aliança, os usuários já podem esperar novos iPhones e Pixels com o 6G implementado. Os relatórios apontam que deve levar ao menos 2 anos para que tudo esteja pronto para um novo lançamento de telefones com o 6G.

google-e-apple-ingressam-no-grupo-da-industria-6g-telefones-com-6g-devem-chegar-em-2-anos

Telefones com 6G

Segundo o site PhoneArena, a Next G Aliance já vai começar as reuniões na próxima semana. A comitiva será organizada pela Alliance for Telecommunications Industry Solutions (ATIS). A ATIS é uma associação comercial da América do Norte. A ideia é que o 6G seja predominante na América do Norte tornando-a líder 6G.

O novo conglomerado do 6G terá outros participantes para que toda essa nova tecnologia seja desenvolvida. Dentre elas podemos citar Charter Communications, Cisco, Hewlett Packard Enterprise, Intel, Keysight Technologies, LG Electronics, Mavenir, MITER e VMware.

Enquanto o mundo está explorando oportunidades que iluminarão o caminho para o 6G, os Estados Unidos devem tomar medidas oportunas e críticas para garantir a liderança inquestionável em inovação e desenvolvimento 6G. Susan Miller – CEO da ATIS.

Também acrescentou que:

Velhos modelos de liderança não vão funcionar neste novo futuro à luz do cenário geopolítico. Se os EUA realmente quiserem afirmar sua liderança, terão que agir de uma nova maneira.

Com essas ações, é bem capaz que haja um interesse em sair na frente da China, que atualmente tem a maior cobertura e número de antenas 5G do planeta. A nova tecnologia já começa a ser desenvolvida e não sabemos se o fornecimento dela estará ligada a alguma restrição da famosa e infinita guerra comercial.

Por fim, quem ganha é o consumidor, a união entre Google e Apple são extremamente relevante e deve trazer novas tecnologias rapidamente e com a qualidade já conhecida, mas o preço não deve ser tão bom assim, ao menos para nós meros mortais.

Estreia o primeiro chip 6G oferecendo 11 Gbps