in

Hackers invadem as contas do FC Barcelona e do Comitê Olímpico Internacional no Twitter

O popular grupo hacker OurMine invadiu as contas.

No sábado passado, o popular grupo de hackers OurMine sequestrou as contas oficiais do Twitter do FC Barcelona, das Olimpíadas e do Comitê Olímpico Internacional (COI). Esta é a segunda vez que o FC Barcelona perde o controle de sua conta. Em 2017, a equipe espanhola teve suas contas no Facebook e no Twitter desfiguradas pelo mesmo grupo de hackers.

Hackers invadem as contas do FC Barcelona e do COI no Twitter

Os hackers invadiram as contas oficiais do FC Barcelona e das Olimpíadas (@Olympics) no Twitter e postaram alguns tweets para reivindicar a responsabilidade pelo hack.

O tweet da conta do Barcelona afirma:

Olá, somos o OurMine. Bem, lemos algumas mensagens privadas e parece que Neymar voltará aqui.

Além disso, os hackers compartilharam um endereço de e-mail onde podem ser contatados para solicitar suporte para melhorar a segurança das contas das vítimas.

Hackers invadem as contas do FC Barcelona e do Comitê Olímpico Internacional no Twitter
Imagem: Reprodução | Security Affairs.
Hackers invadem as contas do FC Barcelona e do Comitê Olímpico Internacional no Twitter
Imagem: Reprodução | Security Affairs.

O incidente foi confirmado pelo FC Barcelona e pelo Comitê Olímpico Internacional.

Um porta-voz do Twitter confirmou ao site Business Insider que as contas dos Jogos Olímpicos e do FC Barcelona foram invadidas por um grupo chamado OurMine e por meio de uma “plataforma de terceiros”.

Um porta-voz do Twitter confirmou ao Business Insider:

Assim que ficamos sabendo do problema, bloqueamos as contas comprometidas e estamos trabalhando em estreita colaboração com nossos parceiros para restaurá-las.

Além disso, um comunicado de um porta-voz do Comitê Olímpico Internacional dizia:

O COI pode confirmar que está investigando uma possível violação de algumas de suas contas sociais.

OurMine volta à ativa

O Business Insider especula que o hack ocorreu por meio de uma plataforma de terceiros. O site diz:

Em um e-mail para o Business Insider, o OurMine confirmou que estava por trás dos ataques cibernéticos contra o FC Barcelona e as Olimpíadas. O grupo, que segundo ele consistia em 5 pessoas, disse ao Business Insider que escolhe seus alvos aleatoriamente. Ele confirmou que usava um aplicativo de terceiros para acessar as contas.

Imediatamente após o hack, o Twitter bloqueou as duas contas.

Assim, o OurMine está de volta após um período de silêncio. Por exemplo, no início deste ano, o grupo sequestrou as contas oficiais do Twitter de 15 equipes da NFL e da própria liga. Além disso, na semana passada, o grupo invadiu as contas do Twitter e Instagram do Facebook e do Messenger.

Por fim, para proteger suas contas nas redes sociais, ative a autenticação de dois fatores (2FA) quando disponível.

Fonte: Security Affairs