in

Huawei diz que vai ser a fênix dos fabricantes de celulares

Co-fundador da empresa discute lutas da lista negra dos EUA

Trump revoga veto à Huawei

O governo dos Estados Unidos proibiu a Huawei de trabalhar com empresas americanas, conforme estamos lendo por aqui há alguns dias. Isso significa que não pode mais usar seus produtos de software e hardware. Porém, nem tudo é tão ruim. O lado bom disso tudo é que agora a gigante de tecnologia chinesa está lutando para sobreviver sem a ajuda de seus parceiros de longa data. Embora haja também pressão de grandes empresas norte-americanas pelo fim da proibição. E enquanto a Huawei espera uma queda enorme nas vendas deste ano, o fundador da Huawei Technologies, Ren Zhengfei, acredita que sua empresa estará totalmente de volta aos negócios em 2021. Ele afirma que a Huawei diz que vai ser a fênix dos fabricantes de celulares.

Assim, apesar do colapso experimentado este ano, a Huawei espera se recuperar até o final de 2021, quando deverá ser capaz de apontar para as estrelas mais uma vez.

Antes das sanções dos EUA, a Huawei disse que ultrapassaria a Samsung para se tornar a maior fabricante de celulares do mundo até 2020, mas este plano foi recentemente reavaliado devido aos desafios que a empresa enfrenta no mercado de telefonia móvel.

Hongmeng OS esperado no final deste ano

Huawei diz que vai ser a fênix dos fabricantes de celulares

Zhengfei diz que ninguém na Huawei esperava que a ofensiva dos Estados Unidos fosse tão agressiva. Então, há preparativos que envolvem o desenvolvimento de um sistema operacional interno. Porém, a queda de receita é algo muito provável de acontecer.

Não esperávamos que os Estados Unidos atacassem a Huawei de maneira tão forte. Não esperávamos que os Estados Unidos atingissem nossa cadeia de suprimentos de maneira tão ampla – não apenas bloqueando o fornecimento de componentes, mas também nossa participação em organizações internacionais, disse ele, segundo o The Star. Não esperávamos que o dano fosse tão sério.

A Huawei está tentando para sobreviver sem a ajuda de empresas americanas. E uma maneira de fazer isso é investir de forma mais agressiva em produtos voltados para o mercado chinês. Da mesma forma, deve acelerar o trabalho em software e hardware internos.

Huawei diz que vai ser a fênix dos fabricantes de celulares

Nós vamos renascer em 2021, Ren anunciou.

Enquanto isso, a Huawei está trabalhando nos retoques finais ao Hongmeng. O próprio sistema operacional, que deve ser lançado em dispositivos chineses em breve. O lançamento internacional está planejado para 2020.

Written by Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Ubuntu elimina todo o suporte de 32 bits

Ubuntu elimina todo o suporte de 32 bits

Java, Python e JavaScript são as linguagens favoritas

Java, Python e JavaScript são as linguagens favoritas