in

Justiça ordena bloqueio do Mega e outros nove domínios

Todos são acusados de pirataria de programas.

Justiça ordena bloqueio do Mega e outros nove domínios

Depois da onda de bloqueios ao Whatsapp, agora a Justiça brasileira resolveu punir da mesma forma o site Mega, responsável por downloads. Não apenas ele mas outros 9 domínios acabaram bloqueados. A decisão tem de ser cumprida pelas operadoras de telefonia. Portanto, a Justiça ordena bloqueio do Mega e outros nove domínios.

O Mega surgiu em 2013 em substituição ao MegaUpload. Este foi encerrado um ano antes sob a acusação de desobedecer à lei de Direitos Autorais. Porém, a ordem emitida pelo Tribunal de Justiça de São Paulo não é exatamente nova. Desde o início de setembro as operadoras Claro, Vivo, Oi e Algar foram notificadas da decisão.

Justiça ordena bloqueio do Mega e outros nove domínios

Justiça ordena bloqueio do Mega e outros nove domínios

Todo o processo corre em segredo de Justiça.  A decisão, da mesma forma, atinge os domínios alfastream.cc, akugyash.com, centrelinguistique.com, oload.tv, verystream.net, fembed.net, ruvid.nl, clipwatching.com e videoshare.club.

O bloqueio deve ser ampliado. Segundo a reclamante, esses mesmos domínios conseguiram driblar o bloqueio anterior. No mercado, fala-se que a ação foi movida pela Associação Brasileira de TV por Assinatura (ABTA). A ABTA confirma que há processos em andamento na esfera judicial.

Censura ou combate ao crime de pirataria?

A denúncia de censura por parte da Justiça foi feita do Partido Pirata. Então, no Facebook, a página reclama da decisão.

O tribunal de justiça do Estado de São Paulo, determinou que os provedores de Internet Claro Brasil, Vivo-Telefônica, Oi e Algar Telecom não permitam que os internautas brasileiros acessem o Mega, e também os sites Alfastream, Akugyash, Centrelinguistique, Oload, Verystream, Fembed, Ruvid, Clipwatching e Videoshare.

A decisão que foi dada no dia 12/09 e que está em vigor pode ser conferida no link abaixo:
https://www.jusbrasil.com.br/…/djsp-judicial-1a-instancia-c…

Testamos com os provedores Vivo e Net (Claro). Pelo navegador a página mega.nz não carrega, enquanto que pelo aplicativo o uso está normal.

Nas regiões em que a Net (Claro) está bloqueando, o bloqueio é por ip. A página mega.nz só está acessível por meio de VPN, ou pelo próprio aplicativo do Mega. Já na Vivo o bloqueio é por DNS, diz o Partido.

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Como listar informações de dispositivos, discos e partições com lsblk no Linux

Como listar informações de dispositivos, discos e partições com lsblk no Linux

GOOGLE | Palácio de Versalhes: um passeio inédito pelas obras e arquitetura do ícone francês

GOOGLE | Palácio de Versalhes: um passeio inédito pelas obras e arquitetura do ícone francês